Como o ômega 3 auxilia na redução dos índices de triglicerídeos no sangue?


  • +A
  • -A

Os triglicerídeos são, segundo a nutricionista Marta da Cunha, moléculas de álcoois de açúcar que se combinam com ácidos graxos, um tipo de gordura. Produzidos pelo fígado, mas também adquiridos pela alimentação, são considerados um dos grandes vilões da saúde, associados ao aumento de casos de infarto, derrame e doenças cardiovasculares em geral.

 

Ômega 3 interrompe a produção de triglicerídeos

 


“Reduzir o nível de triglicerídeos é muito importante, assim como aumentar
o HDL-C, o ‘bom colesterol’”, afirma a especialista. Para isso, é possível recorrer ao ômega 3, como explica a profissional: “O ômega 3 de boa qualidade bloqueia a síntese de triglicerídeos no fígado”.  

O ômega 3 é uma substância que ganhou bastante destaque nos últimos anos por causa da descoberta dos efeitos positivos do seu consumo na saúde cardiovascular. Trata-se de um ácido graxo encontrado principalmente em peixes, que beneficia a saúde dos vasos sanguíneos por meio de sua ação anti-inflamatória, prevenindo o infarto, por exemplo.

 

Outros alimentos que diminuem os níveis de triglicerídeos

 


Além do ômega 3, existem ainda outras substâncias e alimentos que podem ajudar a reduzir a quantidade de triglicerídeos no corpo. “Frutas e verduras, ricas em fibras e fitoquímicos anti-inflamatórios e antioxidantes; aveia, arroz integral e leguminosas, que contêm outras fibras”, cita Marta.

Outra recomendação importante é comer menos carboidratos. “A origem dos triglicerídeos vem principalmente do excesso do consumo de carboidratos, como pão, macarrão, doces e açúcares, preparações ricas em farinha de trigo, refrigerantes e alimentos pobres em fibras”, alerta a nutricionista. Os exercícios físicos também não devem ser esquecidos, especialmente os aeróbicos, que ajudam a queimar gordura e, desta forma, a diminuir os triglicerídeos.

Como o ômega 3 é encontrado principalmente em peixes, que não são uma parte muito significativa da dieta da população, a suplementação pode ser uma opção para obter os benefícios desse ácido graxo. Converse com seu médico, que vai apontar o melhor caminho para que você alcance os índices diários recomendados dessa substância e tenha, assim, uma vida mais saudável.

 

Marta da Cunha é nutricionista formada pela Faculdade de Ciências da Saúde São Camilo, fitoterapeuta membro do conselho da Associação Paulista de Fitoterapia e especialista em Medicina Chinesa. CRN: 3-1039.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
cardiovascular
coracao
nutricao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Como o ômega 3 auxilia na redução dos índices de triglicerídeos no sangue?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.