Sinais de infarto: Listamos alguns sintomas que você deve ficar ligado, para entrar em contato com seu médico imediatamente


  • +A
  • -A
Imagem do post Sinais de infarto: Listamos alguns sintomas que você deve ficar ligado, para entrar em contato com seu médico imediatamente

Os sintomas do infarto costumam ocorrer de maneira distinta. Em alguns casos, o episódio ocorre de súbito, sem manifestações claras, e em outros, os sintomas começam a aparecer sem que você perceba que se trata de um infarto. Apenas com o passar das horas, com a dor e outros incômodos ficando mais acentuados, é que você se dá conta de algo estranho está acontecendo.

Principais sintomas do infarto


O sintoma mais típico do infarto agudo do miocárdio é a dor no peito, a qual aparece com o esforço físico e se irradia para o ombro, mandíbula ou face interna do braço”, aponta o cardiologista Gabriel Dotta. “Contudo, nem todas as pessoas apresentam-se com esses mesmos sintomas”, completa.

De acordo com o médico, em geral toda sensação de dor, aperto ou mal estar “do queixo até o umbigo” acompanhada de náusea, palidez ou suor frio deve ser avaliada por um especialista. “Caso a dor tenha duração de minutos ou seja aliviada com repouso, você também deve consultar um cardiologista urgentemente para uma avaliação clínica”, recomenda.

Primeiros passos para prevenir um infarto


O profissional indica que o primeiro passo que você deve seguir logo após o aparecimento desses sinais é
acionar o serviço médico de urgência ou dirigir-se imediatamente ao hospital mais próximo para avaliação clínica. Quanto mais tempo você demorar para iniciar os cuidados de prevenção de um infarto, maiores os riscos de danos ao músculo do coração.

A principal forma de você se prevenir de um infarto é manter bons hábitos de vida. “Ter uma dieta saudável, praticar exercício físico de no mínimo 30 minutos 5 vezes na semana e manter-se no peso adequado são recomendações importantes. Além disso, é válido não se expor a fatores de risco ambientais, como bebida alcoólica, tabaco, estresse e sedentarismo, e controlar ou prevenir o aparecimento de fatores de risco, como hipertensão, diabetes e dislipidemia”, conclui o cardiologista.

Dr. Gabriel Dotta é cardiologista e especialista em medicina interna. Graduado em medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especialista em medicina interna/clínica médica (SES/SC) e em cardiologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – CRM-SP 172.476 – Site oficial

Foto: Pixabay

TAGS
cardiovascular
coracao
dor-no-peito
infarto

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Sinais de infarto: Listamos alguns sintomas que você deve ficar ligado, para entrar em contato com seu médico imediatamente"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.