Infarto: homens e mulheres podem sentir sintomas diferentes?


  • +A
  • -A

O infarto do miocárdio é uma das principais complicações da hipertensão e é resultado da falta de controle adequado sobre a doença, o que coloca em risco a saúde dos pacientes. Tanto homens quanto mulheres podem sofrer um infarto, mas os sintomas que esse evento cardiovascular provoca em cada um são diferentes e, no sexo feminino, pedem uma atenção especial.

 

Infarto provoca forte cansaço nas mulheres

 

Nas mulheres, há falta de ar e dor no peito, que está mais associada a uma sensação de pontadas e facadas. “Elas se queixam de dores nas costas, cansaço, queimação no estômago e náuseas, muitas vezes, levando-as a procurar um gastroenterologista ou ortopedista, retardando o diagnóstico e o tratamento”, afirma o cardiologista Laércio Uemura.

Já nos homens, a dor no peito não se manifesta em um local específico e eles têm a impressão de que há algo fazendo uma forte pressão na área. Entre os sintomas clássicos, ou seja, que ambos os sexos podem manifestar, estão tontura, desmaios, suor frio, além de dores no braço esquerdo, na mandíbula e até mesmo na região dos dentes.

 

Infarto costuma ser mais fatal nas mulheres

 

No entanto, quando o assunto é infarto, os sintomas não são a única diferença entre homens e mulheres. “O infarto do miocárdio é mais frequente nos homens, seja pela proteção do hormônio feminino até a menopausa ou pelos hábitos do dia a dia e cuidados com a saúde serem negligenciados pelos homens com maior frequência, mas a mortalidade é maior na mulher”, alerta o profissional.

Por outro lado, o tratamento do infarto não apresenta diferenças. Existe apenas a dificuldade de reconhecê-lo nas mulheres, tanto pelos sintomas atípicos, quanto pela menor frequência. O tratamento deve ter como base a prevenção de um novo infarto, recorrendo ao uso de medicações, a mudanças na alimentação, ao repouso, em um primeiro momento, e à prática de atividades físicas leves depois da recuperação, mediante supervisão médica.

 

Dr. Laércio Uemura é cardiologista e especialista em Medicina Intensiva, formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e atua no Centro do Coração, em Londrina (PR). CRM-PR: 9807

 

Foto: Shutterstock

TAGS
cardiovascular
coracao
infarto

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Infarto: homens e mulheres podem sentir sintomas diferentes?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.