Qual é a faixa etária mais propensa a sofrer um infarto?


  • +A
  • -A

O infarto ocorre quando as artérias coronárias, responsáveis por levar oxigênio ao coração, são abruptamente obstruídas, como um coágulo de sangue formado em cima de uma placa de gordura existente na parede interna das artérias, por exemplo. Em pouco tempo, a carência de oxigênio no músculo leva ao chamado infarto do miocárdio.

Quanto mais velho é um indivíduo, maior o risco de ter um infarto


Como o processo de acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos se inicia desde a infância e vai até o final da vida, pode-se assumir que quanto maior a idade, maior a propensão de um indivíduo desenvolver um infarto. Portanto, a faixa etária mais vulnerável a este evento específico seria a terceira idade.

“Após os 40 anos de idade o paciente já apresenta sinais e sintomas do comprometimento coronariano. Porém, o infarto também pode ocorrer em jovens e, nesses casos, há associação com uso de drogas ou trombofilias (distúrbios congênitos da coagulação)”, explica a cardiologista Bruna Cristina Baptistini.

Principais sintomas e causas do infarto


Em geral, os sintomas do infarto são: dor no meio do peito se espalhando para o braço esquerdo; sudorese; náusea; e palidez da pele. No entanto, nem todas as pessoas que sofrem um infarto apresentam os mesmos sintomas. Alguns, inclusive, sequer apresentam sintomas. Por isso, é fundamental estar sempre em dia com um “check-up”, um exame geral para averiguar a saúde do coração.

Segundo a médica, pacientes com antecedentes familiares de doença cardiovascular em parentes de 1° grau, dislipidemia, hipertensão arterial, diabetes mellitus, sedentarismo, tabagismo, alcoolismo, hábito alimentar inadequado e sobrepeso/obesidade, são os que estão sob maior risco de sofrer um infarto.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Bruna Baptistini

Dra. Bruna Baptistini

Cardiologia

CRM: 145229 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
dor-no-peito
infarto

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

13 comentários para "Qual é a faixa etária mais propensa a sofrer um infarto?"

Joycilane

Bati um eletro, fiz exame de sangue, não deu nada, não sou diabética nem tenho colesterol alto. A médica falou que está tudo ok.Mais passou remédio para ansiedade, de vez em quando minha pressão tá alta. Qual exame vc me indica a fazer

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Joycilane, segue o link de uma de nossas matérias com informações para você: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/hipertensao/ansiedade-pressao-alta
Abraços.

Mayara

Tenho 21anos toda noite sinto falta de ar e corações acelerado oq pode ser

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Mayara. É importante que você converse com seu médico de confiança pois pode ser algo psicológico que dê reações físicas ou alguma alteração em seu organismo, porém somente com um profissional qualificado e após a realização de exames poderá ter um diagnóstico e tratar o problema. Torcemos por sua melhora.

Maria Nadiana Silva Mafra

Estou sentindo queimação no meio uis peitos e formigamento no braço esquerdo.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria. Conforme informado na matéria em geral, os sintomas do infarto são: dor no meio do peito se espalhando para o braço esquerdo; sudorese; náusea; e palidez da pele. No entanto, nem todas as pessoas que sofrem um infarto apresentam os mesmos sintomas. Alguns, inclusive, sequer apresentam sintomas. Por isso, é fundamental estar sempre em dia com um “check-up”, um exame geral para averiguar a saúde do coração. Buscar atendimento médico é crucial para sua saúde. Até logo.

Valdelly

Sinto dores forte no lado esquerdo do peito , principalmente quando pego peso; tontura diariamente e sensação de desmaio! Tbm sinto uma dor muito forte cansada na perna esquerda na parte da frente; qual exame devo fazer? Ou proficional procurar?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Valdelly. Tontura ou sensação de desmaio iminente ao se levantar ocorre como consequência de uma regulação anormal da pressão arterial. Um médico cardiologia será capaz de investigar a fundo o caso afim de possibilitar a sua recuperação. Abraços!

Kauã Betini

Gostaria de saber qual exame que eu faço para saber se eu estou prestes a da um infarto

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Kauã. Agradecemos o seu comentário. A melhor maneira de prevenir o infarto é conhecer os fatores de risco e evitar o que for possível. Há fatores que podem ser combatidos, como fumo, sedentarismo, diabetes, hipertensão e colesterol elevado, e os fatores de risco não modificáveis, que é o histórico familiar de doença precoce em parentes de primeiro grau. Por isso, é fundamental estar sempre em dia com um “check-up”, um exame geral para averiguar a saúde do coração. Abraços!

Gabriel

Olá tenho 15 anos e fiz um Eletrocardiograma e não deu nada e no exame de sangue também não deu nada e tenho medo de infartar quais a chance?

Beatriz

Olá tenho 21 anos preso 87kl sinto umas fincadas no peito as vezes tenho tonturas que parece que vou desmaiar sinto falta de ar constante Fica com medo e me desespero ai a pressão sob o que devo fazer tenho medo de infarto.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Beatriz. Conforme a matéria alerta, em geral os sintomas mais comuns são dor no meio do peito, que se espalha para o braço esquerdo, sudorese, palidez e náusea. Porém, o cardiologista Gabriel Dotta informa sobre alguns cuidados: tais sintomas são apenas alguns exemplos, pois variam de pessoa para pessoa, e as vezes há pessoas que não apresentam sintomas, podendo também ser diferentes entre homens e mulheres e pode aparecer semanas antes. O primeiro passo, e também fundamental, é dirigir-se imediatamente ao cardiologista, porque quanto mais tempo a a senhora demorar, maiores serão os riscos para o músculos do coração. Desejamos melhoras a senhora. Até breve.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.