Alimentação, exercícios físicos: saiba tudo sobre como evitar a hipertensão!

  • +A
  • -A

A hipertensão é uma das cardiopatias mais comuns, atingindo cerca de 38 milhões de brasileiros, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Porém, o que muitas pessoas não sabem é que tem como evitar a pressão alta! Com os hábitos, estilo de vida e alimentação corretos, é possível viver uma vida mais saudável e longe de problemas de pressão alta. Para esclarecer um pouco mais sobre a prevenção da doença, a equipe do Cuidados Pela Vida conversou com a cardiologista Lorena Oliveira Borges. Confira!

Hipertensão é mais comum em pessoas mais velhas

Alguns fatores de risco podem te tornar mais propenso a ter hipertensão arterial do que outras pessoas. De acordo com a cardiologista, inúmeras motivações podem levar ao surgimento da doença: “Genética, sobrepeso e obesidade, ingestão elevada de sódio, sedentarismo, consumo de álcool e apneia obstrutiva do sono são alguns dos fatores de risco”. 

A médica explica ainda que, quanto maior a idade, maior o risco, devido ao enrijecimento e à diminuição da elasticidade das artérias. O sexo também influencia: nos jovens, a pressão arterial é maior nos homens, mas a partir da sexta década de vida, a pressão arterial nas mulheres costuma ser mais elevada. Para quem se enquadra nessas condições, é ainda mais importante adotar medidas para evitar a pressão alta. 

Como evitar a hipertensão arterial? Cardiologista explica

Apesar de comum, Dra. Lorena explica que é perfeitamente possível evitar a hipertensão arterial, principalmente se você for do grupo de risco supracitado. “Apesar de inúmeros fatores de risco, temos aqueles que são modificáveis, como sobrepeso, sedentarismo, ingesta de álcool e excesso de sódio. Ou seja, mesmo que se tenha predisposição a níveis elevados de pressão, pode-se evitar o desenvolvimento da hipertensão por meio de medidas preventivas”, explica a médica. 

Exercícios físicos frequentes e uma dieta balanceada também podem ajudar a regular os níveis de pressão. “A prática de atividade física moderada por pelo menos 150 minutos por semana auxilia no controle da pressão arterial, por meio da redução de gordura corpórea, fortalecimento da estrutura músculo/esquelética, dentre outros benefícios”, recomenda Dra. Lorena. 

“É importante manter uma alimentação balanceada, evitando o excesso de ingestão de sódio (presente principalmente nos alimentos processados, enlatados e lanches industrializados), mantendo maior consumo de frutas, hortaliças, cereais integrais e laticínios com baixo teor de gordura”, completa a médica. 

Como é o diagnóstico da hipertensão?

O diagnóstico da pressão alta é feito de forma simples, baseado em aferições da pressão feitas mais de uma vez. Se, por duas vezes seguidas, os níveis de pressão arterial estiverem iguais ou superiores a 14 por 9, o paciente já pode ser considerado hipertenso. O tratamento do problema é direcionado por um cardiologista e feito com o uso de medicamentos reguladores e mudança de hábitos.


Dados do Ministério da Saúde: https://aps.saude.gov.br/noticia/12076 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Lorena Borges

Dra. Lorena Borges

Cardiologia

CRM: 41960 / PR

TAGS
cardiovascular
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Alimentação, exercícios físicos: saiba tudo sobre como evitar a hipertensão!"
Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.