O que é resiliência? Qual é a importância deste recurso durante a depressão?


  • +A
  • -A

A depressão é um transtorno mental que vai muito além da tristeza profunda. A doença provoca também apatia, insegurança, ansiedade, insônia, problemas de concentração e até pensamento suicidas. E ao contrário do que muitos pensam, não é fácil sair dela. É preciso receber acompanhamento médico, fazer o tratamento corretamente com os medicamentos indicados e ter um recurso muito importante, chamado resiliência.

 

Pessoas resilientes conseguem enfrentar melhor a depressão

 

“A resiliência é a capacidade de se adaptar a mudanças ou superar adversidades”, afirma o psiquiatra Giovani Missio. Uma pessoa resiliente é aquela que, mesmo diante de todos os problemas causados pela depressão, consegue resistir e enfrentar os sintomas, as situações de risco e as mudanças de comportamento e de pensamento impostas pela doença.

O especialista destaca ainda outras características da resiliência nos casos de depressão. “Envolve recursos principalmente psicológicos, como capacidade de se colocar no lugar dos outros e entender o ponto de vista, ter otimismo e autoconfiança frente a situações, ter controle dos próprios impulsos e ter compreensão e manejo adequado das próprias emoções”, cita o profissional.

 

Resiliência ajuda a evitar recaídas na depressão

 

Durante o combate à depressão, a resiliência é um fator que ajuda o paciente a se proteger contra o desenvolvimento de episódios depressivos, evitando recaídas, por exemplo. Quanto melhores forem os recursos psicológicos dos quais o indivíduo dispõe para superar as dificuldades, menos impacto o transtorno provocará no cérebro.

Outro lado positivo da resiliência é que se trata de um recurso que pode ser trabalhado. De acordo com Missio, a psicoterapia e a meditação, principalmente, são capazes de aumentar a capacidade de um paciente depressivo se mostrar resiliente. Essas duas atividades ajudam a melhorar o autoconhecimento e a autoconfiança e a ter mais pensamentos positivos. Atividades físicas também são importantes e, inclusive, fazem parte do tratamento da depressão.

 

Dr. Giovani Missio é psiquiatra, graduado pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). CRM-SP: 127682

Foto: Shutterstock

 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "O que é resiliência? Qual é a importância deste recurso durante a depressão?"

Maria da Graca C. Weber

Desenvolvi a depressão há mais de 15 anos. Neste período fiz uso de de Fluoxetina, Paroxetina, sertralina e exodus, nesta ordem. As trocas ocorrem em razão das recaídas. Agora faz um mês que estou usando Donaren 150 retard. Os intervalos entre os episódios depressivos são de 3 a 4 anos. Agora retomei a psicoterapia.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria da Graça, a psicoterapia ajuda muito, ficamos aqui na torcida por você. Abraços.

Sven

A dica que deixo é ouvirem Louise Hay no youtube !!! Palavra de quem ja passou por depressão brava … com tentativa de auto destruição e até fuga de manicomio… atropelamento… perda de pé… e hoje se colocarem siborg97 na busca do youtube vao ver que voltei até a ser livre como os passaros decolando de asa delta em atibaia a 600 m com a protese e agradecendo meu médico com esse voo filmado que foi parar até no Jô onze e meia kkk Abs a todos e boa sorte!!!! O amor cura tudo!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Sven, é muito importante a busca pelo profissional para que se possa identificar o tratamento mais adequado para cada paciente. Conforme informado pela Dra. Camila Cucco médica psiquiatra fazer o tratamento durante o período indicado pelo psiquiatra, praticar atividade física, buscar ambientes leves no trabalho, dormir bem, cuidar da alimentação e cuidar da saúde física e mental de modo geral, são alguns cuidados indicados e necessários para quem deseja evitar recaída da depressão e luta contra a doença. Até logo.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.