O que é resiliência? Qual é a importância deste recurso durante a depressão?


  • +A
  • -A

A depressão é um transtorno mental que vai muito além da tristeza profunda. A doença provoca também apatia, insegurança, ansiedade, insônia, problemas de concentração e até pensamento suicidas. E ao contrário do que muitos pensam, não é fácil sair da dela. É preciso receber acompanhamento médico, fazer o tratamento corretamente com os medicamentos indicados e ter um recurso muito importante, chamado resiliência.

 

Pessoas resilientes conseguem enfrentar melhor a depressão

 

“A resiliência é a capacidade de se adaptar a mudanças ou superar adversidades”, afirma o psiquiatra Giovani Missio. Uma pessoa resiliente é aquela que, mesmo diante de todos os problemas causados pela depressão, consegue resistir e enfrentar os sintomas, as situações de risco e as mudanças de comportamento e de pensamento impostas pela doença.

O especialista destaca ainda outras características da resiliência nos casos de depressão. “Envolve recursos principalmente psicológicos, como capacidade de se colocar no lugar dos outros e entender o ponto de vista, ter otimismo e autoconfiança frente a situações, ter controle dos próprios impulsos e ter compreensão e manejo adequado das próprias emoções”, cita o profissional.

 

Resiliência ajuda a evitar recaídas na depressão

 

Durante o combate à depressão, a resiliência é um fator que ajuda o paciente a se proteger contra o desenvolvimento de episódios depressivos, evitando recaídas, por exemplo. Quanto melhores forem os recursos psicológicos dos quais o indivíduo dispõe para superar as dificuldades, menos impacto o transtorno provocará no cérebro.

Outro lado positivo da resiliência é que se trata de um recurso que pode ser trabalhado. De acordo com Missio, a psicoterapia e a meditação, principalmente, são capazes de aumentar a capacidade de um paciente depressivo se mostrar resiliente. Essas duas atividades ajudam a melhorar o autoconhecimento e a autoconfiança e a ter mais pensamentos positivos. Atividades físicas também são importantes e, inclusive, fazem parte do tratamento da depressão.

 

Dr. Giovani Missio é psiquiatra, graduado pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e especialista pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). CRM-SP: 127682

Foto: Shutterstock

 

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "O que é resiliência? Qual é a importância deste recurso durante a depressão?"

Maria da Graca C. Weber

Desenvolvi a depressão há mais de 15 anos. Neste período fiz uso de de Fluoxetina, Paroxetina, sertralina e exodus, nesta ordem. As trocas ocorrem em razão das recaídas. Agora faz um mês que estou usando Donaren 150 retard. Os intervalos entre os episódios depressivos são de 3 a 4 anos. Agora retomei a psicoterapia.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria da Graça, a psicoterapia ajuda muito, ficamos aqui na torcida por você. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.