Quais são os principais gatilhos para as crises de asma?


  • +A
  • -A
Imagem do post Quais são os principais gatilhos para as crises de asma?

A asma é uma doença respiratória responsável por mais de 120 mil hospitalizações por ano no Brasil, de acordo com o Datasus, o Departamento de Informática do SUS. Parte das internações é resultado das crises de asma, que fazem os brônquios se inflamarem, impedindo a passagem do ar e provocando tosse, falta de ar e chiado no peito. As crises são desencadeadas pelos chamados gatilhos.

Pelos de animais são gatilhos para crises de asma


Os gatilhos são fatores que geram a irritação nos brônquios. Em certos casos, são substâncias nocivas, cuja chegada até os pulmões é interrompida pela inflamação. “
Alguns dos principais gatilhos são ácaros, mofo, alérgenos de baratas, fumaça de cigarro e de queima de lenha ou plantas e pelos de animais domésticos”, cita a pneumologista Flávia Salame.

Alguns alimentos e conservantes, assim como odores fortes, estresse, mudanças bruscas de temperatura, certos medicamentos e até infecções respiratórias, como gripe e resfriado, também são considerados gatilhos. “Esses gatilhos variam em cada indivíduo. É importante que cada pessoa com asma identifique quais são os seus e aprenda a evitá-los sempre que possível”, recomenda a profissional.

Evitar a poluição reduz crises de asma


Quem mora em cidades grandes ou perto de regiões industriais deve ficar atento à poluição ambiental. A
fumaça que sai do escapamento de carros e de outros veículos, por exemplo, podem tornar o sistema respiratório mais reativo e propenso a se sensibilizar com outros gatilhos habituais da asma, segundo Flávia. Ou seja, a poluição pode levar a uma perda do controle da doença ou a uma crise.

Para evitar os sintomas da asma, é importante procurar um médico especializado para descobrir quais os seus gatilhos. A partir daí, o pneumologista poderá indicar uma série de medidas a serem adotadas tanto dentro quanto fora de casa, como manter os quartos, ventiladores e aparelhos de ar-condicionado limpos e utilizar medicações que reduzem a resposta inflamatória dos brônquios.

Dra. Flávia Salame é pneumologista e mestre em Doenças Tropicais e Infecciosas, graduada pela Universidade Federal do Pará e atua em Manaus (AM). CRM-AM: 7921 – draflaviasalame.com

Foto: Shutterstock

TAGS
alergias-respiratorias
asma
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Quais são os principais gatilhos para as crises de asma?"

Edvanio Ceccon

Tenho um gato há cerca de um ano em casa. Tenho dúvidas se não está me provocando crise asmática. Não vejo muitos pelos soltos pela casa. Seria somente o pelo visível, como mostra a foto, que causa a crise? Ou “pelos invisíveis”, que sequer aparecem a olho humano, também causariam? Obrigado.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Edvanio, segue o link de uma de nossas matérias com informações que podem esclarecer sua dúvida:
https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/asma-e-bronquite/uma-pessoa-com-alergias-respiratorias-pode-ter-caes-e-gatos-em-casa
Abraços.

Eusa Maria dos Santos Almeida

Sou muito ansiosa e nervosa e faz mais de um mês que estou com crises,tenho rinossinusite, tosse alérgica e bronquite asmática Já tomei Amoxilina e outros remédios nada melhor já estou em tempo de enlouquecer

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.