Por que a absorção de cálcio é menor à medida que ficamos mais velhos?


  • +A
  • -A

Com o passar dos anos e conforme o corpo humano vai envelhecendo, seu funcionamento e reservas tendem a diminuir, causando deficiência em algumas áreas e precisando cada vez mais de suplementos para as vitaminas e minerais que os alimentos, sozinhos, não dão mais conta. O cálcio pode ser um desses nutrientes.

Essencial para a construção e manutenção dos ossos e dentes, o cálcio precisa ser ingerido em quantidades adequadas desde a infância para criar reservas no corpo para os anos que vêm pela frente. Entre as principais fontes de cálcio estão o leite, iogurtes, queijos, brócolis e amêndoas. Um adulto saudável precisa de 1.000mg diários de cálcio, que podem ser alcançados com três copos de leite, por exemplo.

Nem todo cálcio ingerido é absorvido pelo corpo

A absorção do cálcio acontece no intestino e o corpo absorve apenas 500mg por vez. Por isso, a ingestão do cálcio deve ser distribuída ao longo do dia. “A absorção ocorre normalmente no intestino delgado e de forma ativa e passiva. Ativa com a participação da vitamina D e passiva por difusão no sangue”, explica o ortopedista Lucio Nakada. Uma alimentação muito líquida ou com muitas fibras também pode acelerar a passagem do cálcio pelo intestino, reduzindo a absorção. Os fitatos – compostos presentes em leguminosas, como feijão, ervilha, lentilha – e oxalatos – presentes em espinafre, beterraba, quiabo, por exemplo – podem interferir na absorção do cálcio, assim como cafeína e ferro, que bloqueiam a fixação do mineral nos ossos. Para colaborar com o processo é importante a presença da vitamina D e magnésio combinados a alguns alimentos.

Osteoporose pode ser resultado de deficiência de cálcio

A falta de cálcio no corpo pode acarretar em medidas evidentes a longo prazo, principalmente fraqueza dos ossos, resultando na osteoporose. Entre outros sintomas estão dor na coluna, depressão, ansiedade, doenças periodontais e artrite. Na terceira idade, essa redução pode acontecer principalmente por falta de exposição solar, que ajuda a produzir vitamina D e consequentemente fixar a substância nos ossos, e uma dieta deficiente do mineral. “Para reverter essa falta de cálcio no organismo pode ser necessário tomar suplementos, sol nos horários da manhã e fim da tarde e realizar exercícios físicos”, acrescenta Lucio.

Dr. Lucio Nakada é ortopedista e traumatologista e atua em São Paulo. CRM-SP: 87965

TAGS
calcio
ossos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que a absorção de cálcio é menor à medida que ficamos mais velhos?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.