Vitamina D: uma importante aliada no controle de doenças respiratórias no inverno

  • +A
  • -A

A vitamina D é um nutriente essencial para a saúde e o bem-estar do corpo e sua deficiência está associada a algumas doenças. Dentre elas, as infecções respiratórias, favorecidas pela baixa imunidade, pelo clima de inverno e pela falta de vitamina D. O pneumologista José Eduardo Martinelli explicou a relação entre o nutriente e as doenças respiratórias e como utilizá-la a seu favor. 

Vitamina D: para que serve? Saiba o que ela pode evitar

A vitamina D tem função importante no corpo humano. É ela a responsável pela regulação de minerais como o fósforo e o cálcio, além de ajudar na formação e fortificação de ossos e dentes. Ela também funciona no fortalecimento da musculatura e na redução de inflamações no organismo. Segundo Dr. Martinelli, a descoberta do nível desejável desse nutriente no sangue é recente, bem como a descoberta da contribuição dele para qualquer outra doença que não seja osteometabólica. 

Com relação às doenças respiratórias, o pneumologista evidencia que a vitamina D tem um caráter preventivo: “Sabemos que manter um nível maior do que 25 nanogramos por decilitro de sangue é o ideal, pois com doses menores pode haver uma facilitação de infecções respiratórias ou outro tipo de infecção. Os trabalhos mostram que manter esse nível significa ter mais proteção, embora isso ainda seja especulativo”. 

No inverno, a manutenção desses níveis de vitamina D se mostra importante: “O inverno tem relação direta com as doenças respiratórias, virais ou bacterianas. Se considerarmos que a dosagem da vitamina D acima de 25 é protetiva, é ideal que ela se mantenha na estação”. Entretanto, o médico alerta para a imprecisão das pesquisas: “Os  estudos, apesar de randomizados, não provam que a vitamina D dificulta a instalação de uma infecção respiratória”.

Como driblar a falta de vitamina D no inverno?

Quando há deficiência de vitamina D, é importante verificar com seu médico a necessidade de  reposição do nutriente. “O que se deve fazer quando a vitamina D está baixa é suplementar diariamente ou semanalmente até atingir esse nível ideal. Há alguns alimentos ricos em vitamina D, como frutos do mar. Numa dieta adequada e ideal, não há deficiência de vitamina D, porém muitos não são alimentos do nosso dia a dia. Tomar sol faz todo o metabolismo da vitamina e é fundamental”, recomenda o pneumologista.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. José Eduardo Martinelli

Dr. José Eduardo Martinelli

Geriatria

CRM: 27875 / SP

TAGS
respiracao
suplementos
vitamina-d

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Vitamina D: uma importante aliada no controle de doenças respiratórias no inverno"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.