Quais doenças graves podem ser relacionadas ao excesso de radicais livres?


  • +A
  • -A

Os radicais livres são átomos e moléculas encontrados naturalmente no corpo humano e que são capazes de reagir com outros elementos. Em quantidades adequadas, não fazem mal à saúde, mas em excesso, podem ser a causa ou a consequência de diversas doenças. “Algumas doenças graves podem ser câncer, aterosclerose e doenças inflamatórias”, afirma a nutricionista Carla Cotta. Fibrose cística e lúpus são outros exemplos.

Vitamina E protege o corpo dos radicais livres


“O excesso de radicais livres deve ser corrigido e, por isso,
antioxidantes naturais e sintéticos têm sido recomendados para o alívio dos sinais e sintomas destas doenças e para bloquear sua evolução”, informa a especialista. Entre os antioxidantes mais indicados está a vitamina E.

A vitamina E é um nutriente importante para a saúde humana e que, ao mesmo tempo, protege a membrana das células e anula o perigo que os radicais livres representam ao corpo, atuando como um antioxidante. A substância pode ser encontrada na carne de fígado, em oleaginosas, em folhas verde-escuras e na gema do ovo.

Suplementação de vitamina E deve ser feita com indicação profissional


Em alguns casos, a suplementação de vitamina E
 pode ser indicada por um médico ou nutricionista, o que deve ser feito de forma consciente. “O uso indiscriminado e abusivo deve ser criteriosamente analisado antes do consumo. É imperativo determinar o momento exato, a dose, a via de administração e qual o antioxidante ideal para cada doença”, avalia Carla.

Como tudo no corpo humano deve ser equilibrado, o consumo exagerado de vitamina E pode causar complicações, já que o nutriente se deposita no tecido adiposo e pode desregular várias vias metabólicas. Outra medida importante no combate aos radicais livres e que deve ser tomada junto à suplementação é adotar hábitos saudáveis, evitando cigarros, bebidas alcoólicas, má alimentação e sedentarismo.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Carla Cotta

Carla Cotta

Nutrição

CRM: CRN-4 02100097 / RJ

TAGS
suplementos
vitamina-e

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais doenças graves podem ser relacionadas ao excesso de radicais livres?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.