Recomendações para familiares e amigos de um idoso em isolamento

  • +A
  • -A

A saúde dos idosos é um ponto de grande preocupação diante desta pandemia. Isso acontece pela alta taxa de mortalidade encontrada a partir dos adultos com 50 anos, chegando aos 15, 20 % naqueles acima de 80 anos.

Uma das principais razões desta população ser considerada a mais vulnerável neste momento, é por conta de seu sistema imunológico. Diferente do que ocorre entre os jovens, os idosos enfrentam uma resposta mais frágil aos fatores externos. Assim, mesmo que um idoso tenha se recuperado de um adoecimento, seu organismo pode sofrer alterações crônicas. O segundo fator é a presença de várias doenças simultâneas, o que o deixa mais suscetível ao desenvolvimento de um quadro severo.

Portanto, ficar em casa não é um exagero e sim uma medida primordial de preservação da vida. Contudo, uma vez que permanecer restrito de interações sociais pode ser prejudicial para a saúde psíquica de qualquer pessoa, todo cuidado é pouco para proteger aqueles que já trabalharam tanto pelo país e carregam consigo nossa memória coletiva, por meio de suas histórias de vida.

Caso você conheça alguma pessoa mais velha em isolamento, não deixe de interagir: 

– Ligue e o encoraje a ligar também. Mostre-se interessado e disponível para falar.

– Mobilize pessoas próximas ao em torno para lhe oferecer companhia, conforto e apoio, mesmo que à distância (podem, por exemplo, telefonar ou escrever). Pode constituir uma fonte fundamental de bem-estar sentir que há pessoas que se preocupam, que estão próximas e que estão disponíveis para o ajudar ao longo do dia.

– Torne disponíveis e acessíveis meios de comunicação e tecnologias que possam facilitar a manutenção do contato social dessa pessoa e de seus amigos e familiares (por exemplo, videochamadas).

-Reforce as manifestações verbais de afeto. Mostre que o ama e que é amado.

-Uma vez que o idoso pode ter mais dificuldade em adormecer, procure ligar-lhe e tranquilizá-lo nessa altura ou proporcionar-lhe atividades calmas.

-Monitorize o estado de saúde e de bem-estar dele com mais frequência – uma a duas vezes por dia.

 -Esteja atento a sintomas de doença. Mesmo sintomas habituais, podem ter, nesta situação um significado diferente. Em caso de dúvida ou alterações às condições de saúde habituais busque auxílio do profissional de saúde de referência.

 -Garanta que o idoso esteja tomando a medicação prescrita para problemas de saúde já existentes.

 – Proponha uma festa ou encontro virtual para colocarem os assuntos em dia, relembrar acontecimentos e conversar sobre demais amigos e familiares.

– Garanta que ele pratique alguma atividade física (caminhe pela casa, levante-se várias vezes ao dia, realize exercícios simples de alongamento) e tem uma alimentação equilibrada.

– Sugira-lhe atividades que o possam manter interessado.

 – Se possível, de à ele uma tarefa ou responsabilidade que o faça sentir-se útil.

 – Mantenha-se informado. Recolha informação que o possa ajudar a determinar com exatidão os riscos que corre, de modo a poder tomar as precauções razoáveis.

 – Proteja-se a si próprio e tire tempo para cuidar de si. Faça pausas, fale com amigos e familiares e peça ajuda se sentir que precisa dela.

 Pensando que o processo de envelhecimento da população pode ser considerado como uma das conquistas sociais mais importantes do século XX. Vamos ser o acalento para estas pessoas e mostrar que não estão sozinhas. Seguimos todos juntos nesta contribuição. 

Referências Bibliográficas

Ordem dos Psicólogos. Como lidar com uma situação de isolamento se for um cidadão idoso ou familiar. Portugal. 2020.

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Central Saudável Saber

Central Saudável Saber

Clínica Médica

CRM: /

TAGS
coronavirus

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Recomendações para familiares e amigos de um idoso em isolamento"

Lúcia Maria claros

Estou indo para Joinville SC para cuidar de um idoso de 85 anos !!!Obrigado pelas informações 🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼🙏🏼💅

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Lúcia Maria. Ficamos felizes que tenha gostado da matéria. Um grande abraço!

Silvio

Gostei demais das orientações. Creio que os idosos, além da experiência adquirida, podem oferecer muito mais que imaginamos.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Silvio. Ficamos felizes que tenha gostado da matéria. Um grande abraço!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.