Quanto tempo o coronavírus pode viver em superfícies?

  • +A
  • -A

A atual pandemia de Covid-19 vem impactando na maneira com que nos relacionamos com as pessoas, nos impedindo de cumprimentar com abraços, beijos e até apertos de mãos. A transmissão do vírus pelo contato pessoal é considerada uma das mais importantes, e as recomendações do uso de álcool gel 70% e lavar as mãos com sabão frequentemente passou a ser uma constante em nossas vidas diárias.

Como muitos vírus respiratórios, incluindo a gripe, o coronavírus se espalha através pequenas gotículas liberadas pelo nariz e pela boca de uma pessoa infectada enquanto tosse. Uma única tosse pode produzir até 3.000 gotas. Essas partículas podem pousar em outras pessoas, roupas e em todas as superfícies ao seu redor. 

A Organização Mundial da Saúde e outras autoridades enfatizaram que lavar as mãos e limpar e desinfetar superfícies frequentemente tocadas diariamente é essencial para impedir a propagação do vírus. Portanto, embora ainda não saibamos exatamente quantos casos estão sendo causados ​​diretamente por superfícies contaminadas, os especialistas aconselham ter cuidado.

Ainda não está claro por quanto tempo o Sars-CoV-2, o nome do vírus que causa a doença Covid-19, pode sobreviver fora do corpo humano. Sabe-se que os coronavírus são muito resistentes, podendo sobreviver por muito tempo em diferentes superfícies. Alguns estudos realizados com outros coronavírus, incluindo SARS e MERS, descobriram que eles podem sobreviver em metal, vidro e plástico por até nove dias, a menos que sejam adequadamente desinfetados. Alguns podem até ficar por 28 dias em baixas temperaturas.

Um estudo recentemente publicado em uma revista científica de alto padrão, New England Journal of Medicine, mostrou que o vírus pode sobreviver em gotículas por até três horas após ser tossido no ar. Gotas finas com cerca de 30 vezes menores que a largura de um cabelo humano podem permanecer no ar parado por várias horas.

Um outro estudo realizado pelo Instituto Norte-americano de Saúde descobriu que o vírus da COVID-19 sobrevive por até 24 horas no papelão e até 2-3 dias em superfícies de plástico e aço inoxidável. 

Baseado nesses dados alguns locais como maçanetas, botões de elevadores e outros locais onde muitas pessoas possam tocar, são considerados de alto risco para contaminação. Em roupas e outras superfícies mais difíceis de desinfetar, ainda não está claro quanto tempo o vírus pode sobreviver. A desinfecção dos telefones celulares é altamente recomendada pela possibilidade de sobrevivência do vírus por longo tempo em sua superfície.

Para limpeza das superfícies as pesquisas mostram que os coronavírus podem ser inativados em um minuto desinfetando superfícies com álcool 70% ou água oxigenada 20 volumes ou uma solução de água sanitária diluindo-se 250 ml em 1 litro de água. 

Independentemente de quanto tempo o vírus fique em cada tipo de superfície, a sua capacidade de permanecer infectante apenas aumenta a importância da higiene das mãos e da limpeza de superfícies. 

Portanto, as recomendações do Ministério da Saúde, de lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou álcool gel a 70% são fundamentais para reduzir o risco do contágio pelo COVID-19. Além disso, pela possibilidade das gotículas permanecerem por mais tempo no ar, o uso de máscaras passou a ser recomendado como uma medida de prevenção da transmissão do vírus.

 

Referências:

  1. Aerosol and Surface Stability of SARS-CoV-2 as Compared with SARS-CoV-1. Editor’s Note: This letter was published on March 17, 2020, at NEJM.org.
COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Mauro Luís de Mello Ferreira

Dr. Mauro Luís de Mello Ferreira

Geriatria

CRM: 34107 / SP

TAGS
coronavirus

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Quanto tempo o coronavírus pode viver em superfícies?"

Jorge

Olá bom dia , assisti uma reportagem falando sobre os produtos q desinfectam superfícies e no caso da água sanitária mencionava uma proporção de 25 ml pra cada litro . Gostaria de saber se essa quantidade faz realmente efeito ou o correto é 250 ml ?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Jorge. De acordo com a ANVISA o correto é diluir 250 ml da água sanitária em 1 l de água. Deixo aqui o link de uma matéria com outro produtos que podem substituir o álcool 70%: https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/seguranca-para-o-paciente/anvisa-produtos-substituem-alcool-coronavirus. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.