Quais são os perigos a longo prazo de segurar a vontade de urinar?


  • +A
  • -A

Tão natural quanto sentir vontade de urinar é controlar este desejo, o que requer um trabalho físico e também mental, já que muitas vezes a bexiga parece “implorar” para ser esvaziada. Por ser algo absolutamente comum, muita gente sequer questiona esse hábito, mas é importante saber que ela pode trazer consequências negativas à saúde no longo prazo.

“É muito comum que as pessoas segurem a vontade de urinar. No entanto, manter a urina na bexiga pode trazer diversas complicações como a infecção urinária de repetição. Também é possível que sejam afetados os rins, com hidronefrose, e que haja até mesmo a perda da função renal”, conta o urologista Bruno Cezarino.

Segurar demais a urina traz riscos à bexiga e de lesões no sistema urinário

Segundo o médico, quem costuma segurar o xixi demasiadamente no dia a dia pode estar contribuindo para desregular o próprio processo normal de esvaziar a bexiga, o que representa um risco e tanto. Em questão de anos o indivíduo pode desenvolver uma série de complicações que dificultam ou até mesmo impedem a execução da função.

“Progressivamente a bexiga vai ter a sua capacidade aumentada, mas logo começará a perder seu poder de esvaziamento, retendo mais urina e promovendo, eventualmente, lesões no sistema urinário”, analisa Bruno.

Controlar a vontade de urinar pode representar riscos à fertilidade

Engana-se quem acha que segurar a vontade de fazer xixi pode apenas prejudicar o sistema urinário: a prática também pode trazer riscos à fertilidade. Felizmente, no entanto, as chances disso acontecer não são muito altas. “Na realidade, a fertilidade só pode ser prejudicada em casos de infecção urinária grave”, assegura o urologista.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 

Dr. Bruno Cezarino

Urologia

CRM: 139512 / SP

TAGS
infeccao-urinaria

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são os perigos a longo prazo de segurar a vontade de urinar?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.