Dr. Google: Como o paciente pode identificar conteúdos seguros sobre saúde na internet?


  • +A
  • -A

A grande quantidade de informações disponíveis na internet torna mais difícil a tarefa de separar os sites confiáveis das páginas criadas por quem não entende nada de um assunto e repletas de dados incorretos. Quando o tema é saúde, essa tarefa é ainda mais importante. Afinal, são conteúdos sobre sintomas, doenças e tratamentos que podem interferir consideravelmente na qualidade de vida de milhares de pessoas.

Para a endocrinologista Daniele Zaninelli, o problema é que qualquer um pode escrever o que desejar na internet sem que as informações passem por uma análise. “Os espectadores ficam suscetíveis à influência de dados sem base científica, que geralmente vêm acompanhados de milhares de visualizações e likes, o que acaba lhes dando certa sensação de credibilidade”, afirma a médica.

Portais de sociedades médicas são boas fontes sobre saúde


O que o paciente deve fazer é sempre analisar a fonte da informação que está lendo na internet. “Fontes confiáveis são as oriundas de sites de sociedades médicas, como Sociedade Brasileira de Cardiologia e Sociedade Brasileira de Endocrinologia, assim como sites institucionais, como Anvisa e Ministério da Saúde”, afirma o cardiologista Francisco Flavio Costa Filho. Muitos desses sites têm áreas voltadas ao público geral, com textos, vídeos e infográficos informativos.

Existem também blogs e sites particulares criados por médicos, psicólogos ou nutricionistas, por exemplo, que têm bom conteúdo. Nesses casos, Costa Filho recomenda que o internauta faça uma pesquisa sobre o autor das informações. É importante verificar se o profissional é realmente formado na área e se está inscrito no Conselho Federal de Medicina (CFM), de Psicologia (CFP) ou de Nutricionistas (CFN). Uma rápida busca em um desses portais esclarece essas dúvidas.

Desconfie de sites que oferecem curas milagrosas


Ao ler textos e ver vídeos, algumas expressões podem servir como sinais de alerta de que o conteúdo não é seguro. “Desconfie se encontrar termos e promessas, como cura de doenças crônicas através de métodos modernos e inovadores, promessa de manutenção da juventude e da obtenção de um corpo perfeito, imagens de antes e depois, sugestões para desintoxicação, tratamento de doenças que não existem como fadiga adrenal e receitas extensas e ‘exclusivas’, com um grande número de substâncias que devem ser manipuladas em uma farmácia específica”, afirma Daniele.

 

Foto: Shutterstock 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Francisco Flávio Costa Filho

Dr. Francisco Flávio Costa Filho

Cardiologia

CRM: 141903 / SP

Dra. Daniele Zaninelli

Dra. Daniele Zaninelli

Endocrinologia

CRM: 16876 / PR

TAGS
paciente

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Dr. Google: Como o paciente pode identificar conteúdos seguros sobre saúde na internet?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.