Exame de próstata: como é feito esse teste que ajuda no diagnóstico do câncer de próstata?

  • +A
  • -A

O exame de próstata é um dos cuidados mais importantes com a saúde masculina. É por meio dele que é feito o diagnóstico do câncer de próstata, tipo de câncer mais comum entre os homens e que representou  29,2% dos casos em 2020, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Saiba tudo sobre esse procedimento preventivo, o que é e como fazer exame de próstata.

Exame de próstata: como é realizado?

O exame de próstata gera medo e desconfiança em muitos homens, mas não há razão alguma para ficar apreensivo: o exame é simples, indolor e rápido, como explica o urologista Bruno Cezarino: “O exame de próstata compreende um toque retal anual associado, geralmente, a exames de sangue que analisam o valor de PSA (Antígeno Prostático Específico) anual”. O PSA é uma proteína produzida pelo tecido prostático e quanto maior seu valor, maior a chance de desenvolver câncer de próstata. 

A idade para fazer exame de próstata, de acordo com o médico, é por volta de 50 anos. Vale ressaltar que, além do câncer de próstata, a associação dos exames preventivos também pode auxiliar no diagnóstico de outras doenças e complicações, como hemorroidas, nódulos e fissuras, hiperplasia prostática benigna e prostatite (inflamação da próstata). Além do exame, é preciso frequentar o consultório do urologista regularmente. 

Câncer de próstata: devo me preocupar?

Ainda de acordo com os dados do INCA, o risco de câncer de próstata é maior em homens com 40 anos de idade ou acima, sendo raríssimos os casos em jovens. Outros fatores de risco são o histórico familiar (o câncer de próstata pode ser hereditário), o tabagismo, a obesidade e o histórico de doenças sexualmente transmissíveis. Alguns estudos também sugerem que homens que se submeteram à vasectomia têm maior facilidade para adquirir a doença.

No início, este tipo de câncer pode se manifestar de forma silenciosa. Mas, também podem surgir alguns sintomas, como dificuldade de urinar ou necessidade de urinar constantemente, além de dor óssea e sintomas semelhantes à insuficiência renal. Por isso, o diagnóstico precoce é primordial para aumentar as chances de cura.  “O exame diagnostica o câncer de próstata em estágios iniciais e permite a cura de grande parte dos pacientes”, esclarece Dr. Bruno. 


Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA):
https://www.inca.gov.br/numeros-de-cancer

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Bruno Cezarino

Dr. Bruno Cezarino

Urologia

CRM: 139512 / SP

TAGS
tratamento

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Exame de próstata: como é feito esse teste que ajuda no diagnóstico do câncer de próstata?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.