Por que a feijoada é famosa por provocar muitos gases?

  • +A
  • -A

Prato tradicional e da preferência de muitos brasileiros, a feijoada é comumente associada ao excesso de gases, especialmente os malcheirosos. Carregada de tempero e quase sempre acompanhada de carnes gordurosas, não é de se espantar que o prato produza esse efeito. Mas qual será a explicação precisa para essa relação entre a feijoada e a produção de gases?

“O feijão contém uma quantidade muito grande de açúcares complexos chamados oligossacarídeos, os quais requerem uma enzima específica, a α-galactosidase, para serem quebrados e digeridos. Contudo, o trato intestinal não possui esta enzima. Logo, não conseguimos digerir o alimento. Ele passa pelo intestino grosso sem sofrer alterações. Assim, o feijão é fermentado por bactérias boas que estão presentes no intestino, resultando na formação de gases”, explica a gastroenterologista Fernanda Oliverio.

Evitar muito tempero e preparar a feijoada de maneira adequada podem diminuir os gases


Apesar do feijão possuir tais propriedades, a especialista afirma que se não houvesse tanto tempero e condimentos pesados, a feijoada produziria menos gases. Ela ressalta também que
o odor dos gases se deve à presença do enxofre proveniente do alimento. “Deve-se evitar o uso de pimenta, pimentão, cebola, mostarda e temperos prontos (industrializados). Prefira o uso de temperos simples, como coentro, salsinha, hortelã, tomate e cebolinha verde”.

A médica indica ainda outras estratégias para diminuir a formação de gases, tentando “quebrar” os açúcares antes do cozimento, tais como deixar o feijão de molho no dia anterior por um período de pelo menos oito  horas, descartando a água do molho antes de cozinhá-lo, ou jogar água fervendo em cima dos grãos antes do cozimento. “Apesar de perdermos uma pequena parte dos nutrientes do feijão utilizando estas estratégias, o feijão continua sendo bastante nutritivo”.

Feijão possui diversos nutrientes importantes e por isso não deve ser descartado


O feijão é um alimento rico em nutrientes importantes para diversas funções do organismo, como carboidratos, proteínas, fibras, vitaminas e sais minerais, e por isso não deve ser totalmente cortado da alimentação apenas por conta dos gases. “Porém, deve ser usado com moderação,
evitando sempre o seu consumo juntamente com outros alimentos que também provocam a formação de gases (brócolis, couve-flor, beterraba, batata, repolho e banana)”.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Fernanda Oliverio

Dra. Fernanda Oliverio

Gastroenterologia

CRM: 17655 / SC

TAGS
gases

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Por que a feijoada é famosa por provocar muitos gases?"

Welington

Queria saber se a feijoada solta ou pretende o intestino e se provoca prisão de ventre

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Welington. Segundo o Dr. Alexandre de Sousa Carlos, a feijoada é responsável por provocar alguns gases, por conta da dificuldade na sua digestão, mas não está entre as causas da prisão de ventre. Os motivos mais comuns, são pouca ingestão de líquido, dieta pobre em fibras, sedentarismo e consumo excessivo de proteínas animal. Caso continue o incômodo, não dispense a consulta com um especialista. Agradecemos o comentário. Até a próxima!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.