O excesso de gases pode ser um sintoma da intolerância à lactose?


  • +A
  • -A
Imagem do post O excesso de gases pode ser um sintoma da intolerância à lactose?

A produção excessiva de gases pode se tornar algo bastante incômodo e, dependendo da situação, pode até mesmo ser constrangedor. Os gases são produzidos normalmente pelo organismo, mas em quantidades exageradas são capazes de se transformar em um problema para saúde, indicando erros na alimentação e intolerâncias, como à lactose.

Intolerância à lactose provoca dor, diarreia e náuseas


Segundo o gastroenterologista Quelson Coelho Lisboa, um dos sintomas mais comuns da intolerância à lactose é o excesso de gases intestinais: “Na intolerância à lactose, não se consegue digerir a lactose que é ingerida. Quando essa lactose chega não digerida no intestino ela é fermentada pelas bactérias intestinais. Essa fermentação gera muitos gases, principalmente de hidrogênio”.

O excesso de gases, no entanto, não é o único sintoma da intolerância à lactose. “Os sintomas mais frequentes são dor abdominal, diarreia, náuseas, vômitos e gases. Pode-se usar medicações que atacam os sintomas, como analgésicos para dor abdominal, antiemético para náuseas e simeticona para os gases”, explica o médico, que complementa dizendo que estas medidas são apenas paliativas.

Mudanças na alimentação ajudam a diminuir gases


Para realmente diminuir a quantidade de gases, é preciso mudar a dieta, de modo a retirar a lactose dos pratos consumidos e evitar outros alimentos conhecidos por aumentar a produção de gases, como feijão, ervilha, repolho e refrigerantes – uma nutricionista poderá auxiliá-lo nesta tarefa. Outras atitudes que ajudam são beber água durante a refeição e realizá-las com calma, mastigando bem a comida.

Dr. Quelson considera importante diferenciar a intolerância à lactose da alergia ao leite. “A alergia ao leite é, na verdade, alergia uma proteína presente no leite. Os bebês podem nascer com essa alergia e ter vários sintomas ao ingerir a bebida. O problema pode, com o tempo, ir diminuindo e a criança, já maior, consegue tomar o leite normalmente”, explica. Já a intolerância à lactose acontece, na maioria das vezes, na adolescência ou vida adulta, quando o intestino começa a diminuir a produção da enzima que digere a lactose.

Dr. Quelson Coelho Lisboa é gastroenterologista pela Universidade Federal de Minas Gerais e atua em Belo Horizonte (MG). CRM-MG: 45711 – www.drquelsoncoelho.com

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
diarreia
gases

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

7 comentários para "O excesso de gases pode ser um sintoma da intolerância à lactose?"

Maria da Conceição Meelhuysen

Eu tenho muitos gases e muita dor abdominal e já fiz exame da lactose e deu negativo, faço vários exames e os resultados não ajudam, isto já vou sofrendo a vários anos, não sei mais o que faço!

Cuidados Pela Vida

Olá Maria, essa sensação parece incomodar muito; é estranho não ter obtido resultado após as avaliações. Recomendamos que você consulte um especialista de sua confiança para que ele possa solicitar outros exames. Melhoras.

Maria da Conceição Meelhuysen

Eu já consultei vários especialistas, e já fiz tidos exames possíveis, eu acho que tenho mesmo e que mudar a alimentação! Mas não quero com nutricionista!! O que sei até hoje é que tenho intestino irritável!!

Roseleny Auxiliadora de Assunçao

tenho muito gases no estomago fiz endoscopia e foi diaguinosticado gastrite.o que o senhor me aconselha a fazer.qual o tratamento para issoobrigada ! bom dia!!

Cuidados Pela Vida

Olá Maria, caso o tratamento prescrito não se mostre eficaz, o indicado é retornar com o médico afim de verificar outro tratamento para o seu caso. Abraços.

Cuidados Pela Vida

Olá Silvia, qualquer orientação só pode ser fornecida após uma avaliação presencial com o médico especialista. A orientamos a buscar um profissional em sua região. Abraços.

nsei

tenho gastrite forte pra clrh e so eu tomar qualquer coisa q contem leite pricipalmente leite condensado e creme de leite parece meu estomago incha na mesma hora que dece e ja sinto dor.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.