É possível controlar a intolerância à lactose?

  • +A
  • -A

A intolerância à lactose* é uma condição que prejudica a digestão de alimentos com lactose, como leites e produtos derivados. Dependendo do grau de intolerância, uma pessoa pode ter gases, diarreia, dores abdominais e desconforto, segundo o Ministério da Saúde. O desenvolvimento de medidas para controlar a intolerância à lactose permitiu que milhões de pessoas ao redor do mundo tivessem uma melhoria significativa na qualidade de vida. 

“Existe manejo para intolerância à lactose e ele difere dependendo da severidade da intolerância, mas geralmente pode incluir a diminuição do consumo de laticínios, o uso de suplementos de lactase e a substituição por outras fontes de cálcio, vitamina D e proteínas que não sejam os laticínios”, afirma a gastroenterologista Carmen Pérez de Freitas. 

Diminuir consumo de alimentos com lactose ajuda a controlar a intolerância à lactose


Segundo a médica, não é necessário retirar os alimentos que contêm lactose da dieta. O ideal é apenas diminuir, com o auxílio de um nutricionista. “Os intolerantes adultos podem iniciar uma dieta mais restritiva e, então, trabalhar a ingestão de lactose aos poucos. Vale lembrar que certos lacticínios com queijo têm menor quantidade de lactose, ao passo que sorvetes e leite têm maior quantidade”, explica a especialista. 

Uma alternativa apresentada pela médica para o controle da intolerância à lactose é diminuir as porções de leite a serem tomadas ou beber leite com outros alimentos, o que retarda o processo digestivo e diminui os sintomas. 

Na maior parte dos casos, a retirada parcial dos laticínios não provoca deficiências nutricionais. No entanto, quando o indivíduo tiver osteoporose ou outras condições em que a ingestão de cálcio exerce um papel importante, é fundamental procurar um nutricionista ou nutrólogo. 

Suplementação de lactase pode ajudar quem tem intolerância à lactose


Já a suplementação de lactase tem como objetivo melhorar a digestão da lactose e evitar os sintomas causados pela intolerância. A enzima lactase é a responsável por quebrar a lactose e facilitar sua absorção. Esta abordagem é indicada, por exemplo, quando o um indivíduo tem alto grau de intolerância e deseja consumir um produto com lactose ou quando não é possível evitar o consumo de alimentos com lactose, como em almoços em família ou festas de aniversário. 

“Uma vez que a intolerância à lactose pode causar sintomas de diarreia, cólicas ou dores abdominais, gases, borborigmo (barulhos na barriga), estufamento, náuseas e vômitos, se o indivíduo seguir as medidas corretamente, com diminuição da ingestão de lactose e uso de lactase quando indicado, seus sintomas diminuirão muito, melhorando sua qualidade de vida”, conclui Dra. Carmen. 

*A lactase auxilia a digestão da lactose.

 

Ministério da Saúde: http://bvsms.saude.gov.br/dicas-em-saude/2199-intolerancia-a-lactose

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Carmen Pérez De Freitas

Dra. Carmen Pérez De Freitas

Gastroenterologia

CRM: 19122 / RS

TAGS
intolerancia-a-lactose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "É possível controlar a intolerância à lactose?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.