Diarreia em crianças: qual a quantidade de água recomendada para hidratação?


  • +A
  • -A
Imagem do post Diarreia em crianças: qual a quantidade de água recomendada para hidratação?

O principal problema da diarreia é a desidratação, especialmente quando a perda de líquido é demasiada. Em crianças, esse risco se torna mais elevado e alarmante pois a composição corpórea de água dos pequenos é maior do que a dos adultos. Além disso, o sistema imunológico na infância ainda não está totalmente desenvolvido, o que faz com que a perda de sais minerais junto aos líquidos seja mais sentida.   

A perda de líquido afeta de maneiras distintas as diferentes faixas etárias. Os bebês menores de 1 ano, por exemplo, têm proporcionalmente mais líquido no organismo, o que faz com que diarreia e vômito nesta faixa possam evoluir de forma mais grave. Quando há diarreia, vômito e recusa de líquidos, o risco de desidratação aumenta até mesmo nas crianças maiores”, afirma a pediatra Renata Coutinho.

Reposição oral de líquido em quadros de diarreia com desidratação


A quantidade de água a ser reposta varia de acordo com o peso da criança. Pode ser de apenas 100ml/kg por dia, chegando a mais de 2.000ml/kg por dia, segundo a médica. Ela destaca que a reposição de líquido é um processo complexo que exige avaliação médica, podendo ser necessária, inicialmente, a reposição rápida por via oral, a qual é feita com soro de reidratação oral. “
O soro é recomendado porque contém os demais elementos perdidos através da diarreia, como o sódio e o potássio”.

De acordo com a especialista, bebês menores de 12 meses com diarreia volumosa e em muitos episódios, provavelmente não terão sucesso com hidratação oral. “Isso também pode ser aplicado para as crianças que apresentam, além de diarreia, os vômitos, que impossibilitam a reposição oral de líquidos. Nos outros casos, pode-se tentar a reposição oral sob orientação médica, pois há menor risco de complicações”.

Alimentação das crianças com diarreia não precisa ser restringida


Não há atualmente qualquer orientação restritiva quanto à alimentação dos indivíduos com quadro agudo de diarreia.
A recomendação principal, especialmente quando há vômitos associados, é oferecer, preferencialmente, líquidos em pequenas quantidades e maior frequência. “Os sólidos podem e devem ser oferecidos conforme aceitação e demanda da criança”.

Dra. Renata Coutinho é pediatra e infectologista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF). CRM: 52799661

Foto: Shutterstock

TAGS
diarreia

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Diarreia em crianças: qual a quantidade de água recomendada para hidratação?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.