Diarreia: beber água da torneira pode oferecer riscos à saúde?


  • +A
  • -A

Algumas pessoas evitam beber água diretamente da torneira por medo ter algum problema de saúde, como a diarreia. No entanto, segundo o biomédico Roberto Figueiredo, também conhecido como “Doutor Bactéria”, as companhias de tratamento são obrigadas a fornecer uma água dentro dos padrões legislativos de potabilidade. Portanto, sendo proveniente de uma estação de tratamento, a água pode ser tomada sem nenhum problema no Brasil.

Canos sujos podem acumular bactérias que causam diarreias, muito comuns em crianças


Os riscos passam a existir a partir do momento em que a água chega às casas. “Encanamentos velhos e sem manutenção, reservatórios de água não corretamente higienizados, presença de roedores, insetos e outros animais, misturas com águas provenientes de sistemas alternativos de abastecimento, como poços, podem vir a contaminar a água”, alerta o especialista.

A presença de bactérias, vírus e protozoários na água pode causar infecções que, consequentemente, são capazes de levar a quadros de diarreia, cólicas, desidratação e vômitos. A diarreia, por exemplo, é bastante comum entre as crianças, que não costumam ter noções adequadas de higiene nem dos cuidados necessários ao tomar água.

Como tratar um caso de diarreia?


Nos casos de diarreia, o ideal é
permanecer em repouso até que a diarreia seja totalmente tratada. A alimentação deve ser mantida, mas tomando cuidado com a preparação adequada dos alimentos e evitando refeições gordurosas e industrializadas. Como a principal complicação da diarreia é a desidratação, é fundamental aumentar o consumo de líquidos, também prestando atenção em sua origem e potabilidade. A presença do zinco na dieta também é importante para prevenção e recuperação do problema. O nutriente pode ser encontrado na alimentação ou, em alguns casos, até mesmo ser suplementado. 

Manutenção dos canos é importante na prevenção da diarreia

O sistema público de abastecimento já faz sua parte para impedir a ingestão de microrganismos por meio da água da torneira. Por outro lado, a população deve ter alguns cuidados dentro de casa. “Podemos zelar pela manutenção dos encanamentos, higienização correta dos reservatórios, com periodicidade adequada de seis meses, cloração de águas provenientes de poços e análises periódicas destas águas”, aconselha o Doutor Bactéria.

Dr. Roberto Martins Figueiredo, o “Doutor Bactéria”, é biomédico, especializado em Saúde Pública pela Fundação Getúlio Vargas e diretor da Microbiotécnica. CRBM: 1003

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
diarreia

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Diarreia: beber água da torneira pode oferecer riscos à saúde?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.