Por que é recomendada uma alimentação leve após um quadro de diarreia?


  • +A
  • -A
Imagem do post Por que é recomendada uma alimentação leve após um quadro de diarreia?

A diarreia é um problema de saúde bastante comum entre as crianças e pode ser provocada pela entrada de vírus, bactérias e parasitas no organismo ou até por alguns tipos de comidas. A recuperação do quadro de diarreia, o que inclui a adoção de uma alimentação adequada à idade dos pequenos, é de extrema importância porque ajuda a prevenir a desidratação.

O que não pode comer depois da diarreia


“A atual recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde) é manter a dieta convencional da criança, para manter o suporte ideal de calorias e evitar que o menor evolua para uma constipação intestinal grave”, informa a pediatra Flávia Bello. Entretanto, a manutenção da dieta deve ser feita desde que a alimentação da criança não tenha nenhum erro.

“É senso comum evitar alimentos gordurosos, ricos em açúcares e lactose, além de alimentos considerados laxativos, como mamão, feijão e lentilha. Porém, essa não é a diretriz do tratamento da diarreia aguda”, afirma a especialista. Entre os alimentos e bebidas que devem ser evitados estão aqueles que já não devem estar presente na dieta das crianças cotidianamente. É o caso de balas, bolos, frituras, salgadinhos, biscoitos e chocolates.

Água e alimentos ricos em zinco ajudam na recuperação após a diarreia


De acordo com a médica, alimentos como banana, maçã, caju, goiaba, batata, cenoura, frango e arroz, além daqueles
ricos em zinco, podem ajudar a criança a se recuperar mais rápido. Já o consumo de soro caseiro e o aumento da ingestão de líquidos devem ser sempre lembrados durante o tratamento da diarreia para ajudar o corpo a se recuperar. Para as crianças que ainda mamam, o aleitamento materno deve ser mantido.

A desidratação é a principal complicação de um quadro de diarreia e costuma ser ainda pior para as crianças. O problema torna o xixi mais escuro, deixa os olhos mais fundos e a criança fica com uma aparência mais cansada. Ao notar esses sinais, especialmente em associação à diarreia, é importante levar o filho a um médico para receber o diagnóstico e iniciar o tratamento rapidamente.

Dra. Flávia Bello é pediatra, graduada em Medicina pela Universidade Severino Sombra (USS) e com residência em Pediatria e Infectologia Pediátrica no Hospital Federal dos Servidores do Estado (HSE). CRM-RJ: 52-85057-8

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
diarreia

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que é recomendada uma alimentação leve após um quadro de diarreia?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.