Vitamina D: A cor da pele pode influenciar na síntese desse nutriente?


  • +A
  • -A
Imagem do post Vitamina D: A cor da pele pode influenciar na síntese desse nutriente?

A vitamina D é muito importante para a saúde do corpo. O nutriente atua na formação e na manutenção da estrutura dos ossos e dos dentes e auxilia até mesmo nos batimentos do coração. Para que a vitamina D seja sintetizada, é preciso se expor à luz solar, mas existem alguns fatores, como a cor da pele, que influenciam o resultado desse processo.

 

Pessoas negras sintetizam menos vitamina D

 


“Os indivíduos com o tom de pele mais escuro, graças à presença de maior quantidade do pigmento melanina no corpo, tem uma síntese prejudicada de vitamina D, já que a melanina é capaz de dissipar 99,9% da radiação UV absorvida pela pele”, afirma a nutricionista Adriana Ávila. Isso significa que, mesmo fazendo as mesmas refeições e tomando sol durante a mesma quantidade de tempo, pessoas negras sintetizam menos vitamina D.

Para contornar este problema, quem tem a pele escura deve ficar mais tempo sob a luz do sol para garantir a produção nas quantidades necessárias. “Precisam cuidar melhor da alimentação para garantir diariamente os alimentos fontes, devem dosar a quantidade de vitamina D no sangue e, de acordo, com a necessidade, fazer uso do nutriente sob a forma medicamentosa“, aconselha a profissional.

 

Genética pode reduzir síntese de vitamina D

 


A genética também acaba alterando a síntese do nutriente. “Uma pessoa pode nascer com polimorfismo, que provoca carência de vitamina D, além dela não responder à suplementação medicamentosa”, explica a especialista. Neste caso, o fígado e os rins precisam funcionar bem para estocar o nutriente na forma de calcidiol, que posteriormente é transformado em calcitriol, a forma ativa da vitamina D.

Apesar de ser incorretamente considerado sempre um vilão para a saúde cardiovascular, o colesterol, especialmente o HDL, é fundamental para a saúde em quantidades moderadas, em especial para garantir uma boa quantidade de vitamina D. Segundo Adriana, o nutriente, por ser uma vitamina lipossolúvel, depende dessa gordura para ser sintetizado adequadamente e, por isso, seu consumo não deve ser zerado.

 

Adriana Ávila é nutricionista, formada pelo Centro Universitário São Camilo e atua em São Paulo. CRN-SP: 3-2816.

 

Foto: Shutterstock

TAGS
ossos
pele
suplementos
vitamina-d

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Vitamina D: A cor da pele pode influenciar na síntese desse nutriente?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.