Como age o xarope expectorante no nosso corpo?


  • +A
  • -A
Imagem do post Como age o xarope expectorante no nosso corpo?

A tosse é uma resposta do organismo diante da presença de substâncias e microrganismos nos pulmões, na garganta e no nariz. É um reflexo de defesa benéfico que ajuda a expulsar agentes estranhos que irritam as vias aéreas e que podem causar problemas de saúde. Entretanto, em alguns casos, a tosse deve ser analisada por um médico porque pode ser sinal de algo mais grave.

Xaropes expectorantes aumentam a produção de muco


Existem diversas doenças que podem provocar a tosse, como aponta o pneumologista Ciro Kirchenchtejn: “A tosse pode ser um sintoma de um resfriado, tuberculose, asma, câncer e até refluxo gastroesofágico”. É importante procurar um médico se a tosse persistir por mais de duas semanas, se houver a presença de sangue ou catarro espesso e se estiver acompanhada de outros sintomas, como febre e falta de ar.

Para tratar a tosse com muco, os xaropes expectorantes podem ser utilizados. O xarope irrita a mucosa, que acaba estimulando as glândulas do aparelho respiratório a produzirem ainda mais catarro. Essa maior quantidade da substância facilita seu transporte pelas células ciliares e pela tosse em direção à garganta. Depois, bastará eliminar o muco. A tosse deverá diminuir e parar quando não houver mais catarro.  

Xaropes devem ser usados somente depois de consultar um médico


A tosse pode ser bastante incômoda e pode provocar dificuldade em dormir, dor no tórax e ser extremamente antissocial. Em muitos casos o paciente logo recorre ao uso dos xaropes para aliviar o sintoma. Porém, segundo o pneumologista, os xaropes expectorantes, assim como qualquer outro medicamento, não devem ser tomados sem a devida orientação médica.

O diagnóstico feito por um especialista permite, não só controlar o sintoma, mas também diagnosticar a causa da tosse e tratá-la diretamente. Além disso, alguns xaropes possuem substâncias que podem gerar complicações, como reações alérgicas, se não forem usados corretamente.

Dr. Ciro Kirchenchtejn é pneumologista formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e atua no Hospital Alemão Oswaldo Cruz em São Paulo. CRM-SP 50579

Foto: Shutterstock

TAGS
dor-no-peito
insonia
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

7 comentários para "Como age o xarope expectorante no nosso corpo?"

Kauany

Olá isto me ajudou muito. Mas uma pergunta se a tosse vier com Sangue Catarro não deixar você dormir não deixar vc fala oque pode ser

Samdra Mesquita

Uma pergunta, qualquer expectorante serve pra uma tosse causada por um resfriado?

Cuidados Pela Vida

Oi Samdra, os xaropes expectorantes, assim como qualquer outro medicamento, não devem ser tomados sem a devida orientação médica. O diagnóstico feito por um especialista permite, não só controlar o sintoma, mas também diagnosticar a causa da tosse e tratá-la diretamente.

Marta silva

Estou com uma tosse há qz duas semanas a princípio era uma tosse alérgica estava até rouca fui ai médico já tinha tomado o xarope antialérgico mais o médico passou injeção b30 tomei hj faz 7 dias só agora a tosse com catarro eu não sei oq toma

Cuidados Pela Vida

Oi Marta, retorne com o médico que prescreveu o tratamento anterior, assim ele poderá indicar o tratamento adequado para o novo sintoma que está sentindo. Melhoras.

Janaína

Meu filho tem asma e tosse e mais frequentes do que a própria falta de ar,tosse até vomitar está usando acebrofilina…ele é bom no caso dele que tem asma

Cuidados Pela Vida

Olá Janaína, você pode tirar dúvidas a respeito deste medicamento em nossa Central de Atendimento Aché através do telefone 0800 701 6900, de segunda à sexta-feira, exceto feriados, das 8h00 às 17h00 ou através do e-mail cac@ache.com.br. Mas geralmente os médicos têm razão na indicação do tratamento.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.