A vacina da gripe funciona mesmo?

  • +A
  • -A

A vacina da gripe que está sendo distribuída este ano, protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no Hemisfério Sul durante o último ano que, de acordo a Organização Mundial da Saúde, foram H1N1, H3N2 e influenza B.

Seu objetivo é proteger o corpo humano contra a doença sem ocasioná-la de fato. Ao receber a vacina, nosso sistema imunológico identifica o microrganismo injetado e começa a produzir anticorpos específicos contra esses vírus. Desta forma, caso a pessoa seja contaminada pelo vírus presente na vacina que recebeu previamente, não desenvolverá a doença, pois seu organismo já saberá qual anticorpo deve produzir para combatê-la.

Tempo de duração da vacina

O vírus contido na vacina é inativado, portanto, é segura e incapaz de provocar a gripe nas pessoas que são vacinadas. Em adultos saudáveis, o efeito da vacina ocorre entre 2 e 3 semanas após a vacinação, sendo assim, é importante vacinar-se o quanto antes para evitar a exposição a esses vírus.

Com a realização da 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que se iniciou em 23 de abril e vai até 01 de junho, o Ministério da Saúde prevê que ao todo, vão receber a vacina 54,4 milhões de pessoas que compõem os grupos prioritários.

Os grupos prioritários para receber a vacina contra a Influenza englobam as pessoas com maior vulnerabilidade para as complicações e mortes, como:

-Todas as pessoas com 60 anos ou mais;

-Crianças de 06 meses aos menores de 05 anos;

-Profissionais da saúde e professores da rede pública ou privada;

-Povos indígenas;

-Gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto);

-Pessoas privadas de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estão cumprindo medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional.

Aqueles que possuem doenças crônicas não transmissíveis (hipertensão arterial sistêmica, diabete mellitus, etc.) e outras condições clínicas especiais como asma, doenças cardíacas, doenças renais, hepatites, transplantados, entre outros também devem se vacinar. Este público deve levar a prescrição médica no ato da vacinação.

 Atenção! Algumas pessoas podem ser resistentes quanto ao uso da vacina, com a justificativa de que tomam suplemento de vitamina C diariamente, no entanto, a população precisa ser esclarecida de que essa vitamina, apesar de trazer muitos benefícios ao organismo, não previne e nem trata a gripe. Além disso, é preciso ficar atento, pois a utilização de altas doses de vitamina C, pode contribuir com a formação de cálculos renais (pedras nos rins). Sendo assim, o uso de suplementos nutricionais só é indicado quando prescrito por um médico ou nutricionista.

Saiba que o consumo diário de 5 porções de frutas e vegetais frescos (fontes de vitamina C), já é suficiente para suprir as necessidades diárias de um indivíduo. Ex.: limão, laranja, abacaxi, kiwi, manga, goiaba, acerola, tomate, abóbora moranga e vegetais folhosos.

Referências:

 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Central Saudável Saber

Central Saudável Saber

Clínica Médica

CRM: /

TAGS
gripe
gripes-e-resfriados
vacina
vacina-da-gripe

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A vacina da gripe funciona mesmo?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.