Por que as pessoas suam mais que o normal depois que tomam antitérmicos?


  • +A
  • -A

A febre é uma resposta do organismo a um problema de saúde, como infecções causadas por vírus e bactérias. Costuma surgir associada a dores no corpo e cansaço e, por causa destes incômodos, muitas pessoas recorrem ao uso dos medicamentos antitérmicos para tratá-la. Quando a medicação começa a fazer efeito, alguns pacientes podem suar mais que o normal.

Suor ajuda a levar a temperatura do corpo aos 36°C


A maioria dos medicamentos antitérmicos atua inibindo a ação de uma substância chamada cicloxigenase, impedindo sua chegada ao hipotálamo, estrutura no cérebro que atua no controle da temperatura corporal.

De acordo com o clínico geral Ricardo Matias, é normal suar um pouco mais enquanto o antitérmico leva a temperatura corporal de volta a um nível aceitável. “Quando tomamos um antitérmico, nós simplesmente suprimimos as substâncias que induzem o hipotálamo a elevar a temperatura. Nesse momento, o hipotálamo volta a ter a temperatura de 36 graus Celsius como alvo e o suor é um dos mecanismos envolvidos para esse fim”, afirma.

Antitérmicos devem ser usados com cautela


O médico diz ainda que os antitérmicos podem ser
usados sem prescrição médica: “São medicamentos que devemos ter em casa para um caso de necessidade. Entretanto, temos que ter em mente que o antitérmico tratará apenas o sintoma da febre, não trata sua causa”. Por isso, o médico deve ser consultado assim que possível para investigar o problema e tratá-lo corretamente.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Ricardo Matias de Carvalho

Dr. Ricardo Matias de Carvalho

Clínica Médica

CRM: 3760 / SE

TAGS
dores-no-corpo
gripe
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Por que as pessoas suam mais que o normal depois que tomam antitérmicos?"

vera monica lima

Porque mesmo sem ter febre a pessoa comeca a suar bastante mesmo parada

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Vera Monica, a hiperidrose é uma condição que provoca suor excessivo, na qual os pacientes podem transpirar muito até mesmo em repouso. Isso porque as glândulas sudoríparas dos pacientes são hiperfuncionantes, o que pode decorrer de diferentes causas, como fatores emocionais, hereditários ou doenças. Caso você tenha observado esse sintoma, o indicado é procure o auxílio de um dermatologista. Abraços.

Iara

Muito bom

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Iara. Agradecemos seu comentário! Estamos aqui para ajudar, continue conosco para mais matérias sobre saúde, doenças e tratamentos. Abraços!

Júlia A. P.

Muito bom. Minha noiva sempre sua muito quando a febre dela está melhorando.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Júlia. Ficamos contentes em saber que gostou. Continue conosco para mais matérias como esta. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.