Quais são as maiores dificuldades que uma mãe enfrenta no período da amamentação?

  • +A
  • -A

Após o parto, no período da amamentação, a mulher passa por uma série de transformações intensas. Agora, seu corpo volta pouco a pouco para o estado em que se encontrava antes da gravidez, ao mesmo tempo que se adapta à nova rotina, a uma nova mentalidade e à grande responsabilidade de cuidar de uma nova vida. Embora seja um período descrito como mágico e inesquecível, algumas surpresas e dificuldades também podem aparecer pelo caminho. Entenda!

Falta de apoio emocional pode atrapalhar o aleitamento materno


“Este período é marcado por grande instabilidade emocional, medo e insegurança, tanto naquelas que experimentam a gestação pela primeira vez quanto naquelas que já passaram anteriormente. Afinal, cada filho é diferente e os problemas também podem ser”, afirma a pediatra Lays Abreu. 

A médica se refere ao período chamado de puerpério, que pode se estender de 45 a 60 dias após o parto. De acordo com o Ministério da Saúde, as modificações físicas e psicológicas são muitas e ocorrem num curto espaço de tempo, o que acaba contribuindo para a insegurança da mãe sobre como dar atenção ao bebê e sobre como cuidar de si mesma. 

Por isso, Dra. Lays acredita que as maiores dificuldades impostas pelo período da amamentação, tão importante para a imunidade do recém-nascido, estão relacionadas à falta de apoio emocional e de orientação. “O processo da amamentação é difícil tanto para a mãe quanto para o bebê, pois se trata de um aprendizado mútuo diário”, continua a especialista. 

Orientação médica é fundamental no período da amamentação


A falta desse apoio tão necessário pode atrapalhar o aleitamento materno. “Quando não está sendo realizada da forma correta, a amamentação pode gerar dor, causar fissuras e ingurgitamento mamário, além de mastite, perda de peso excessiva do bebê e estresse materno”, alerta a profissional. 

A orientação adequada sobre como o bebê deve pegar o seio e sobre como posicioná-lo na hora de amamentar pode evitar esses problemas. Segundo a médica, a produção de leite materno após o quinto dia de vida do bebê depende quase exclusivamente da sucção ao seio. Por isso, contar com a ajuda de uma mulher que já é mãe é um grande diferencial para tirar dúvidas. 

Além disso, Dra. Lays faz questão de desmentir um dos maiores mitos sobre aleitamento materno: “Não existe nenhum leite fraco. A produção pode ser insuficiente devido à baixa ingestão de água pela mãe ou bloqueio da produção devido ao ingurgitamento ou ao estresse”. Bons momentos de descanso e alimentação e hidratação adequadas são a solução. 

Cuidado com opiniões de familiares e amigos


Outra dificuldade enfrentada pelas mamães durante o período da amamentação são as inúmeras opiniões dadas por amigos e familiares a respeito dos cuidados com o recém-nascido e sobre como deve ser feita o aleitamento materno. O ideal, neste momento, é ponderar os conselhos e buscar, acima de tudo, ouvir a opinião do médico. 

“Encorajar e apoiar a puérpera são pontos essenciais. As famílias precisam ser cautelosas com as opiniões alheias porque, em alguns casos, elas podem acabar prejudicando o processo da amamentação. Quem nunca ouviu: ‘seu filho chora muito, seu leite não está sendo suficiente’? O leite materno contém tudo que o bebê precisa para crescer e se desenvolver de forma segura”, afirma a pediatra. 

O ponto principal, segundo Dra. Lays, para passar por esse período sem maiores dificuldades é ter uma rede de apoio bem estabelecida, contando com um pediatra que, preferencialmente, já esteja vinculado à família durante a gestação, e com outra pessoa para dividir os cuidados com o bebê, como companheiro ou companheira, mãe, sogra ou um cuidador. 

 

Dados do Ministério da Saúde: http://www.blog.saude.gov.br/promocao-da-saude/50212-puerperio-periodo-pos-parto-requer-cuidados-especiais

Foto: Getty Images

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Lays Abreu

Dra. Lays Abreu

Pediatria

CRM: 186636 / SP

TAGS
amamentacao
gravidez

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são as maiores dificuldades que uma mãe enfrenta no período da amamentação?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.