Para a mãe, quais são os benefícios do ômega 3 durante a gravidez?


  • +A
  • -A
Imagem do post Para a mãe, quais são os benefícios do ômega 3 durante a gravidez?

O ômega 3 é um ácido graxo chamado de essencial, ou seja, precisa ser adquirido por meio da alimentação porque o organismo humano não é capaz de produzi-lo. Encontrado em boas quantidades em peixes marinhos de águas frias, como o salmão e a sardinha, ele é recomendado para as futuras mães durante a gravidez.

Ômega 3 diminui risco de doenças cardiovasculares na gravidez


“O ômega 3 tem propriedades anti-inflamatórias, antitrombóticas e antiarrítmicas e reduz os lipídios do sangue, tendo propriedades vasodilatadoras. Esses efeitos benéficos foram demonstrados na
prevenção de doenças cardíacas, da hipertensão, do diabete tipo 2 e da artrite reumatoide, por exemplo”, afirma a ginecologista e obstetra Karla de Sousa Frota.  

Por outro lado, a falta desse ácido graxo pode gerar problemas para a gestante, como o aumento do risco de depressão pós-parto. “Apesar de sabermos que a etiologia da depressão pós-parto é complexa, associada a fatores ambientais e genéticos, já há evidências que apontam para uma relação direta entre a baixa ingestão de ômega 3 e o risco de sofrer depressão pós-parto”, explica a médica.

Gestantes têm chance menor de parto prematuro por causa dos benefícios do DHA


No entanto, não é somente a gestante que se beneficia do ômega 3. A saúde do bebê também agradece. Durante a gravidez, o consumo do ácido graxo
ajuda a formar o sistema nervoso central do feto e melhora sua visão e a coordenação motora, tudo isso por causa do DHA, ácido graxo pertencente à família do ômega 3. Além disso, ajuda a manter um crescimento adequado até a hora do nascimento e reduz as chances de parto prematuro.

Além dos peixes marinhos de águas frias, o ômega 3 também pode ser encontrado nas nozes, nas castanhas e no azeite, mesmo que em quantidades menores. Em muitos casos, é possível recorrer à suplementação, que pode entrar em cena para suprir ou complementar a ingestão do nutriente – a concentração de DHA deve ser levada em consideração.

Dra. Karla de Sousa Frota é ginecologista e obstetra, graduada em Medicina pela Universidade de Brasília (UnB). CRM-DF: 16765 – Site oficial

Foto: Shutterstock

TAGS
cardiovascular
coracao
gravidez
suplementos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Para a mãe, quais são os benefícios do ômega 3 durante a gravidez?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.