Endometriose: quais são os principais fatores de risco da doença?


  • +A
  • -A

Segundo a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia, a endometriose afeta cerca de 10% das mulheres em idade fértil. O problema se caracteriza pela presença do tecido endometrial fora do útero, chegando até outros órgãos. Conhecer os principais fatores de risco da doença é uma maneira importante de facilitar o diagnóstico precoce e evitar o sofrimento causado pelos sintomas

Histórico familiar da doença aumenta a chance de ter endometriose


“Os fatores de risco da endometriose estão relacionados à exposição ao estrogênio porque trata-se de uma doença dependente deste hormônio”, explica a ginecologista e obstetra Cintia Fonseca de Assis Santana. De acordo com a médica, um dos principais exemplos é a dismenorreia, ou seja, as
dores sentidas no período menstrual e que são consideradas tanto um sintoma quanto um fator de risco. 

“Temos ainda a nuliparidade (o fato de nunca ter tido filhos), a menarca precoce (primeira menstruação precoce), o fluxo menstrual aumentado e a história familiar como fatores de risco”, informa a especialista. Além disso, alguns estudos apontaram que mulheres ruivas são mais predispostas ao desenvolvimento da endometriose.  

É possível evitar os fatores de risco da doença?


Nem sempre é possível evitar o risco de ter endometriose, já que alguns fatores não dependem das escolhas de vida da mulher, como a idade da menarca, a história familiar e outros riscos que são relacionados à sua genética. “Teoricamente, se a mulher conseguir engravidar mais cedo, diminui-se a exposição ao estrogênio
durante o período da gravidez, do parto e do puerpério, o que seria um fator de proteção”, lembra Dra. Cintia. 

Outra questão importante é que uma parte da fisiopatologia da endometriose está relacionada a processos inflamatórios que acontecem no corpo. A recomendação da ginecologista é manter uma dieta que não colabore com essa inflamação, sem alimentos processados e industrializados e com baixo consumo de carboidratos. 


Dados da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia:
https://www.febrasgo.org.br/pt/noticias/item/126-endometriose-e-fiv

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Cintia Fonseca de Assis Santana

Dra. Cintia Fonseca de Assis Santana

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 38156 / MG

TAGS
endometriose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Endometriose: quais são os principais fatores de risco da doença?"

Valdirene Mendes Ferreira

Gostaria de saber se a Dr. Cintia Fonseca de Assis Santana atende em Belo Horizonte e se ela faz o procedimento de videolaparoscopia. Eu tenho 45 anos e não tenho filhos. fui diagnosticada com endometriose e após a resonância descobriu-se cistos nos ovários. Faço uso de medicamentos a base de dianogeste. O que seria mais recomendado fazer. A médica disse que seria melhor a retirada do útero e dos ovários. Mas não sei bem o que devo fazer. Me oriente…

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Valdirene. Entramos em contato por e-mail com os dados solicitados. Torcemos por sua melhora.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.