Saindo do sedentarismo: como iniciar uma atividade física com segurança?


  • +A
  • -A

A prática de exercícios físicos é fundamental para emagrecer, se prevenir de doenças como a osteoartrite e a hipertensão e, em abstrato, para manter a saúde do corpo em dia. Portanto, quem é sedentário deve logo buscar uma atividade física para mudar de vida, mas deve também ficar atento a alguns cuidados para que a prática escolhida seja feita com segurança.

Exercícios leves são ideais para quem está saindo do sedentarismo


A primeira dica que João Felipe Franca, especialista em Medicina do Exercício e do Esporte, dá é investir numa prática que não atrapalhe o dia a dia: “Procure uma
atividade que seja prazerosa e viável dentro da rotina. Atividades coletivas ou em companhia de alguém ajudam o hábito a ser mais duradouro e criar metas motivadoras ajudam a manter o hábito e a aumentar o estímulo gradativamente”, afirma.

Além disso, é importante ir com calma. “Exercícios físicos não devem machucar e este deve ser o objetivo número um dos exercitantes. Não dá para ‘tirar o atraso’ de quem não tem o hábito de praticar exercícios de uma hora para outra. O corpo precisa de adaptação, tanto no tempo quanto na intensidade do exercício”, afirma o médico. Comece com 30 minutos diários e aumente com o passar das semanas.

Passar mal durante um exercício físico não é normal


Segundo o especialista, a adaptação cardiopulmonar tende a acontecer mais rápido do que a adaptação musculoesquelética. Por isso, o corpo deve estranhar a mudança nos primeiros dias. Entretanto, alguns sintomas devem chamar a atenção: “Dor na região do tórax ou da cabeça,
falta de ar, tontura ou desmaio, náusea e vômitos são sinais de alerta e devem ser investigados por médico especialista”, alerta Franca.

De acordo com o profissional, quanto maior a idade, maiores serão os riscos para o praticante. Quem tem mais de 35 anos de idade, quem já foi diagnosticado com uma doença crônica e aqueles que têm fatores de risco para hipertensão e diabetes devem passar por uma avaliação médica antes de se engajar em exercícios físicos mais intensos, como é o caso da corrida.

Dr. João Felipe Franca é médico do exercício e do esporte pela Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte e atua na Clinimex, no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 5276659-3

Foto: Shutterstock

TAGS
atividade-fisica
emagrecer
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Saindo do sedentarismo: como iniciar uma atividade física com segurança?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.