Dieta ou reeducação alimentar? Qual gera mais benefícios para perder gordura localizada?


  • +A
  • -A

As gorduras localizadas podem ser um problema na vida de muitos homens e mulheres, já que perdê-las nem sempre é fácil. Esta dificuldade se dá, em parte, por desconhecimento a respeito das melhores atitudes a tomar, como uma dieta ou reeducação alimentar, e pela falta de acompanhamento de um profissional.

Reeducação alimentar pode promover perda irreversível de gordura localizada


“As dietas são regimes alimentares prescritos por um profissional habilitado em Nutrição
para um determinado fim. Como são prescritas, podem apresentar limitações para serem seguidas em longo prazo. Dessa forma, podem funcionar em curto prazo para perder gordura localizada, mas, impreterivelmente, essas gorduras voltarão”, afirma a especialista em Clínica Médica e Nutrição Funcional Sarina Occhipinti.

Por outro lado, a reeducação alimentar é um processo de mudança de hábitos baseado em escolhas mais saudáveis e funciona especialmente para quem não sabe fazer boas escolhas. “É demonstrar ao indivíduo o que faz bem e o que faz mal na alimentação e ensiná-lo técnicas para habituar a escolher o que faz bem”, diz a profissional. Com a reeducação alimentar, a perda de gordura localizada pode ser permanente.

Eliminar gordura localizada é mais fácil com boa autoestima


Para maximizar a perda das gorduras localizadas, as duas propostas podem estar interligadas. As dietas devem ser passadas junto às informações e técnicas de reeducação alimentar de forma a respeitar os hábitos do paciente e suas preferências e aversões alimentares. “Quanto mais próximo da realidade do paciente, melhor. A perda da gordura, quando feita de forma prazerosa, ocorre de forma irreversível”, explica Sarina.

No entanto, a luta contra as gorduras localizadas, seja com dietas ou reeducação alimentar, também passa por uma recuperação da autoestima. “O maior erro é subestimar se o paciente tem ou não autoestima. Caso ele não tenha, mais cedo ou mais tarde vai voltar a fazer escolhas destrutivas e a gordura vai voltar”, alerta a profissional, que também recomenda a prática de atividades físicas para eliminar as gorduras localizadas.

Dra. Sarina Occhipinti Magalhães é especialista em Clínica Médica e Nutrição Funcional e atua no Instituto Sari, em Nova Lima (MG). CRM-MG: 27926

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
emagrecer
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Dieta ou reeducação alimentar? Qual gera mais benefícios para perder gordura localizada?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.