Quais são as diferenças entre insônia ocasional, transitória e crônica?


  • +A
  • -A

A insônia é classificada em tipos, pois ela pode se manifestar de maneiras distintas. As diferenças estão, principalmente, na duração e nos fatores que ajudam a desencadear o quadro. Fala-se, portanto, nas insônias ocasional, transitória e crônica. O tratamento pode variar de acordo com o tipo.  

 

Diferenças entre cada tipo de insônia

 

“A insônia ocasional dura poucos dias, mas pode aparecer de tempos em tempos. Costuma ser causada por fatores relacionados a novos acontecimentos, mudanças no fuso horário, noite muito quente, ruídos, ansiedade e estresse”, informa Shigueo Yonekura, neurologista e especialista em medicina do sono.

A insônia aguda ou transitória pode durar até três semanas e pode estar associada a alterações como ambiente onde a pessoa dorme, estresse situacional, novos turnos no trabalho e uso de substâncias (drogas, álcool, cafeína etc). Já a crônica é o tipo mais sério e ultrapassa quatro semanas. Pode estar relacionada a transtornos crônicos físicos ou psiquiátricos, como depressão.  

 

O tratamento da insônia

 

Antes de iniciar o tratamento de cada tipo, é importante diagnosticar a causa exata para, então, seguir os procedimentos corretos. Identificar a causa e saber se está relacionada a uma doença física, mental ou a um fator ambiental é o primeiro passo para a solução. A insônia pode ter cura, corrigindo a causa que levou o problema.

“O tratamento depende do caso. Pode ser exigida psicoterapia, terapia comportamental e abordagem medicamentosa. Em alguns casos, mudanças simples no estilo de vida podem ajudar a combater a insônia. O exame chamado polissonografia, que monitora o paciente enquanto dorme, pode auxiliar no diagnóstico”, completa Yonekura.

 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Shigueo Yonekura

Dr. Shigueo Yonekura

Neurologia

CRM: 44519 / SP

TAGS
insonia
psicologico
sono

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Quais são as diferenças entre insônia ocasional, transitória e crônica?"

PEDRO VIDOTTI

TENHO MUITA DIFICULDADE EM PEGAR NO SONO FICA ATE 3 HORAS VIRANDO NA CAMA SEM DORMIR , PORIÇO ESTOU TOMANO MELNTONINA N 5, DURMO MELHOR ME DIGA SE DEVO CONTINUAR TAMNO OU DEVO PARAR, DE TOMAR, OBRIGADO PELA ATNÇÃO,

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Pedro. O tratamento para insônia pode variar de acordo com o tipo. Por isso, é muito importante procurar ajuda médica e falar sobre o medicamento que está tomando, pois cabe ao médico dizer se você deve continuar utilizando o medicamento ou não. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.