O que pode acontecer com os ossos de alguém que abandona o tratamento da osteoporose?


  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença que exige do paciente adesão ao tratamento, pois consiste na perda progressiva de massa óssea. Ou seja, é fundamental controlar essa perda através de medicamentos e outras medidas para que os ossos não fiquem frágeis, com risco elevado de fraturas perigosas diante de quedas ou impactos. O paciente que abandona o tratamento corre esse risco.

 

Importância de voltar logo ao tratamento

 

“Quando um paciente abandona o tratamento da osteoporose, há uma parada na melhora dos sintomas e o osso volta a ter mais perdas. O problema continua evoluindo para a piora, aumentando, assim, o risco de queda e quebra”, afirma a ginecologista Karla Frota. Segundo a especialista, a perda de massa óssea não acontece imediatamente após a parada no tratamento: “O osso tem um metabolismo lento, mas a piora irá continuar gradativamente”.

Quando o paciente abandona o tratamento, é essencial que seja encorajado e instruído a retomá-lo o quanto antes, pois só dessa forma será possível controlar a progressão da doença. “Voltando a fazer o tratamento medicamentoso e comportamental (exposição solar, mais atividade física, etc.), o osso do paciente voltará a responder ao tratamento com melhora clínica e nos exames de imagem”.

 

Osteoporose é mais perigosa em idosos e mulheres após a menopausa

 

Como a osteoporose é uma doença que tende a surgir mais em pessoas com idade avançada, principalmente mulheres após a menopausa, é importante que seja dada uma atenção maior a esse grupo específico. Idosos no geral e mulheres idosas, principalmente, precisam estar com o tratamento em dia. Abandonar o tratamento ou nem ao menos iniciá-lo nestes casos é realmente perigoso.

“A osteoporose surge com a idade e no caso das mulheres é intensificada após a menopausa. Contudo, há também a osteoporose secundária, que pode surgir em qualquer momento da vida, pois está ligada a doenças e a medicações usadas para outras causas clínicas”, afirma Dra. Karla. Em todos esses casos há perda importante de massa óssea, o que implica no risco de fraturas. Para os idosos, especialmente, a quebra de ossos pode ser até mesmo fatal.

 

Dra. Karla de Sousa Frota é ginecologista e obstetra, graduada em Medicina pela Universidade de Brasília (UnB). CRM-DF: 16765

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Karla Frota

Dra. Karla Frota

Ginecologia e Obstetrícia

CRM: 16765 / DF

TAGS
ossos
osteoporose

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

11 comentários para "O que pode acontecer com os ossos de alguém que abandona o tratamento da osteoporose?"

Amélia C.C Barbosa

Tive câncer e estou fazendo tratamento pra osteoporose, eu acho um absurdo o valor dos medicamento a cada remédio eu gasto r$ 1.200,00 reais e os laboratório na maioria não dá desconto. Acho que os médicos podiam ajudar fazendo junto aos laboratórios uma pergunta; como medicar pra osteoporose se a maioria dos pacientes não tem condições de comprar remédios, já chega o governo né? Que nem tá aí pro povo. Att Amélia

Elizabete

Estou com 56 anos e o resultado do exame densitometria ossea deu ostoporose.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Elizabete, a osteoporose consiste na perda de massa óssea, o que significa que os ossos ficam mais frágeis e propensos a fraturas em qualquer tipo de queda. Além desta fragilização, outros sintomas são relevantes no quadro, como, por exemplo, a dor. Este incômodo tende a aparecer quando a doença atinge um patamar de maior gravidade. Para amenizar os sintomas da doença é muito importante seguir o tratamento indicado pelo médico com comprometimento. Desejamos Sucesso no seu tratamento. Abraços.

Zininha

Fiz quimioterapia, radioterapia, estou a três anos com osteoporose, tudo indica que além da idade, efeitos colaterais dos tratamentos. Tenho 66 anos. Faço uso de Inellare, e deixei de tomar uma injeção mensal para fixar o cálcio e vitamina D, pois me fazia muito mal, dores no corpo todo.Fiz mal? Que fazer?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Zininha. É muito importante consultar o seu médico antes de qualquer alteração no seu tratamento, o especialista ao indicar alguma medida se baseia em uma avaliação do seu diagnóstico e histórico clínico. Por essa razão, se faz necessário atentar-se às recomendações de um profissional e segui-las corretamente para que haja remissão dos sintomas. Um abraço!

Rosemary S

Os medicamentos são caríssimos. Pessoas pobres não podem custer tratamento contra osteoporose. Uma única injeção pode custar R$1.000,00. E tomar sol existem os riscos que todos conhecem. Att.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Rosemary. A osteoporose é uma doença que exige tratamento enquanto os sintomas estiverem presentes. Como o diagnóstico normalmente é feito quando o paciente já é mais velho, então o tratamento será iniciado a partir daí, seguindo até o fim da vida para retardar a progressão do quadro. O tratamento de primeira escolha será feito com suplemento de cálcio e vitamina D, boa exposição solar (para obter a vitamina D) e medicações que estimulam a formação dos ossos e as que impedem seu desgaste. Qualquer tratamento deve ser avaliado por um profissional capacitado para avaliar a melhor medicação. E nunca se esquecer de associar as medidas de prevenção, que nesse caso fazem parte do tratamento. Abraços!

Fernanda

Tenho 52 anos e após menopausa constatei osteoporose na coluna lombar e osteopenia no fêmur. O médico receitou 1cpm por semana de vitamina DOSS 50.000UI e um outro que ajuda a prevenir fraturas que é um comprimido 1 vez por mês. Fazer exercícios musculação, pq disse que p osteoporose não adianta caminhada. Eu gostaria de saber qual o tratamento que vcs recomendam, além desses que mencionei. Muito obrigada !

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Fernanda. Além das medidas de prevenção já citadas e do uso de medicamentos, o tratamento da osteoporose também deve contar com cuidados rotineiros para evitar a queda. Com a osteoporose em curso, uma queda leve pode resultar em fratura, o que pode ser fatal nessa fase final da vida, dependendo do caso. Além disso, após uma fratura, a recuperação é mais difícil, então o ideal é evitar que isso aconteça pela primeira vez. Abraços!

Maria Carolina Rodrigues Silva

Boa noite! Meu médico recomendou o uso de Osteoban (Ibandronato de Sódio). Li na bula que o dentista deveria ser alertado sobre o uso desse medicamento. Como estou fazendo implante o dentista solicitou que só usasse o remédio após o término do implante para evitar necrose bucal. Tenho osteoporose na coluna. era osteopenia e evoluiu para osteoporose (início). Existe outro tratamento alternativo que não seja tomar esse remédio? Fiquei na dúvida sobre o que é pior.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Maria. A osteoporose é uma doença que exige tratamento enquanto os sintomas estiverem presentes. O tratamento de primeira escolha será feito com suplemento de cálcio e vitamina D, boa exposição solar (para obter a vitamina D) e medicações que estimulam a formação dos ossos e as que impedem seu desgaste. Qualquer tratamento deve ser avaliado por um profissional capacitado para avaliar a melhor medicação. E nunca se esquecer de associar as medidas de prevenção, que nesse caso fazem parte do tratamento. Até a próxima!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.