Pré-diabetes: o que fazer para evitar o desenvolvimento da doença?


  • +A
  • -A

O pré-diabetes é um estágio anterior ao diabetes, em que os índices de açúcar no sangue são mais altos que o normal, mas ainda não classificam uma pessoa como diabética. Segundo a endocrinologista Daniele Zaninelli, todos os pacientes com a doença passam antes por essa fase. No entanto, com a adoção de algumas medidas, é possível evitar tanto o desenvolvimento do pré-diabetes quanto sua transformação em um quadro de diabetes.

Controlar o peso é uma das formas de prevenir o pré-diabetes


“O pré-diabetes compartilha os mesmos fatores de risco do diabetes, ou seja, uma combinação de fatores genéticos, excesso de gordura corporal, principalmente quando se
acumula na região abdominal, e sedentarismo”, afirma a médica, que acredita que mudanças no estilo de vida são as medidas mais eficazes para a prevenção desse problema.

De acordo com a profissional, uma das atitudes mais importantes é a detecção precoce do excesso gordura corporal associada a hábitos que eduquem o paciente quanto aos seus riscos e uma abordagem séria do sobrepeso e da obesidade, o que pode incluir o uso de medicações. “Hoje, dispomos de medicamentos que são capazes de associar a perda de peso ao controle das glicemias e à proteção cardiovascular”, diz a especialista.

Exercícios físicos ajudam a evitar o pré-diabetes


Além disso, para se prevenir do pré-diabetes, é essencial também manter uma alimentação equilibrada e praticar exercícios físicos com regularidade (durante 150 minutos por semana ou 30 minutos por dia). Outros cuidados importantes envolvem cuidados com a saúde cardiovascular, como o controle adequado da pressão arterial e dos níveis de colesterol, além de
evitar o tabagismo.

Quem apresenta um ou mais fatores de risco ou até mesmo já foi diagnosticado com pré-diabetes deve ir ao médico e repetir os exames anualmente para acompanhar as mudanças nas taxas de glicemia. Entretanto, Daniele destaca que não adianta se consultar com o médico periodicamente se não tomar as atitudes necessárias para evitar a evolução da doença: “Na luz das evidências atuais, está claro que a prevenção do diabetes é a melhor forma de evitar suas complicações crônicas, como a perda de visão e amputações”.

Dra. Daniele Zaninelli é endocrinologista formada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e atua em Curitiba. CRM-PR: 16876 – facebook.com/dradaniele.zaninelli

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
diabetes
emagrecer
obesidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Pré-diabetes: o que fazer para evitar o desenvolvimento da doença?"

Robinson G L Silva

Ja sou um pre-diabetico. Necessito de orientação mais precisas. Na internet tenho encontrado muitas promessas de cura com remédios naturais. Tenho experimentado varias sugestões, sem deixar de tomar os medicamentos aviados pelo meu medico. Aguardo respostas.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Robinson, temos uma outra matéria que passa mais informações sobre a pré-diabetes. Estará disponível logo abaixo. Espero que lhe ajude! Abraços.

https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/diabetes/pre-diabetes-pode-ser-revertido

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.