A fumaça de queimadas pode prejudicar pacientes com asma?

  • +A
  • -A

A fumaça de queimadas, assim como a poluição típica dos centros urbanos, atua como fator de risco para a exacerbação dos sintomas da asma. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), poluição ambiental, assim como fumaça de cigarro, podem piorar um quadro de asma. Ácaros, fungos, pólen e ar frio do inverno são outros alérgenos marcantes.

Efeitos da fumaça no organismo de pacientes com asma


“Pacientes com doenças pulmonares e respiratórias crônicas, como DPOC e asma, tendem a sofrer mais com os sintomas quando expostos à poluição, seja em grandes cidades ou na área rural, com as queimadas. Nesses casos, a poluição pode funcionar como um fator “gatilho” (estímulo/desencadeador) para que
essas pessoas entrem em crise respiratória, cujo principal incômodo é a falta de ar”, explica o pneumologista Mauro Gomes.

Segundo o especialista, no interior, a fumaça produzida se dá, principalmente, pela queima da biomassa, que são as famosas queimadas. Estas causam grande poluição no ar que as pessoas respiram. “As consequências dessa fumaça para o organismo são as mesmas da poluição gerada nas cidades (fumaça liberada pelos veículos e nas indústrias, principalmente)”, afirma o médico.

Os efeitos da poluição no organismo são imensos e vão desde irritação no nariz e na garganta, corrimento do nariz, sinais de rinite e sinusite, até doenças mais graves, como bronquite crônica e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). “Também pode haver aumento do risco de câncer de pulmão e comprometimento do sistema cardiocirculatório, isto é, coração e circulação”, acrescenta Gomes.

Risco aumentado de infecções por vírus


Além de tudo isso, indivíduos com asma e demais doenças pulmonares
têm risco aumentado de sofrer com infecções por vírus. Sendo assim, o contato com a poluição, acentuando os sintomas desses problemas crônicos, contribui para que, após o contato contínuo e exagerado com gases poluentes, eleve ainda mais os riscos desses pacientes de sofrerem com doenças virais. “Vale ressaltar que isso inclui a infecção do novo coronavírus”, conclui o profissional.    

 

Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT):

https://sbpt.org.br/portal/espaco-saude-respiratoria-asma/

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Mauro Gomes

Dr. Mauro Gomes

Pneumologia

CRM: 59917 / SP

TAGS
alergias-respiratorias
asma
dpoc
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A fumaça de queimadas pode prejudicar pacientes com asma?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.