Ansiedade pode atrapalhar o tratamento para emagrecer?


  • +A
  • -A

Pessoas com sobrepeso que fazem tratamento para emagrecer e que também sofrem com ansiedade encontram maior dificuldade para perder peso. Isso ocorre pois este problema de caráter emocional/psicológico faz com que o paciente use a comida como válvula de escape para se sentir bem, mais calmo e relaxado.

Tratamento ajuda a evitar o desconto da ansiedade na hora de comer


A ansiedade é um transtorno comum e que impede bons resultados em termos de emagrecimento, principalmente no longo prazo. É importante que o indivíduo tenha consciência do transtorno e queira tratá-lo. Sendo assim, é essencial buscar por um profissional capacitado que ajude a diminuir os riscos de se descontar a ansiedade na comida”, orienta a nutricionista Carla Cotta.

Normalmente os pacientes ansiosos se alimentam com pressa, enxergam a comida apenas como um alento emocional, sem o propósito fundamental de nutrir, e se satisfazem com o efeito obtido imediatamente. Porém, este efeito é momentâneo acaba gerando um ciclo vicioso ruim para a saúde. “A ansiedade gera vontade de comer e traz calma e alento pouco duradouros que quando passa faz o paciente recomeçar o ciclo”, alerta.

Meditação e yoga são opções contra a compulsão alimentar


Para evitar que a ansiedade atrapalhe o emagrecimento, o primeiro passo é, obviamente, buscar tratamento para o transtorno, procurando um profissional que prescreva maneiras que ajudem a controlar a ansiedade e a
urgência de comer compulsivamente. “Parte fundamental do processo é mudar o foco, ou seja, deixar de ter na comida a solução para amenizar a ansiedade. Esse efeito psicológico da recompensa deve ser combatido”, afirma Carla.

Além do tratamento com remédios, que muitas vezes é indicado em casos de ansiedade, algumas atividades rotineiras podem ajudar a equilibrar a ansiedade e a relação compulsiva com a comida. “Meditação, yoga e exercícios que aliam os benefícios da respiração correta e o bem-estar gerados durante a prática em si podem ser alavancas para o sucesso do tratamento para a ansiedade”, exemplifica a profissional.

Carla Cotta é nutricionista, graduada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e especialista em Nutrição Clínica Funcional pela UNICSUL. CRN4 02100097

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
ansiedade
emagrecer
obesidade
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Ansiedade pode atrapalhar o tratamento para emagrecer?"

debora de mello silva

Parabéns ao conselho. De fato assim que ocorre, tenho transtorno de ansiedade, pânico (sem agorafobia) e sou obesa, sei bem o que estão falando. Faço tratamento com medicamentos, terapia, nutricionista e atividade física 3x na semana e mesmo assim brigo diariamente com a compulsão alimentar de descontar na comida…é uma luta diária. Mas, penso vive-se um dia de cada vez. Quando passa o dia, se segui a dieta venci a batalha. Obrigada pela ajuda.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Debora, obrigado por compartilhar sua história conosco, ótimo exemplo que devemos seguir a prescrição médica, juntamente com exercícios físicos e uma boa alimentação. Parabéns a você pela busca na qualidade de vida. Abraços.

Sibeli

A gente tem que ter a ATITUDE de reconhecer o que está errado e a CORAGEM para mudar. O IMPULSO vem de dentro. Se não QUISERMOS mudar, não conseguiremos!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Sibeli, realmente o primeiro passo é reconhecer que precisa de ajuda, buscar um médico especialista e seguir com o tratamento prescrito. Sempre com a ajuda de exercícios físicos, boa alimentação e uma noite de sono para auxiliar nos resultados. Parabéns pelo seu comentário. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.