Confira mudanças de hábitos no dia a dia que podem ajudar a reduzir as dores das hemorroidas


  • +A
  • -A

As áreas do canal anal são repletas de vasos de diâmetros pequeno que têm como função a manutenção do ânus fechado e a proteção durante a passagem das fezes. Quando há o aumento do fluxo sanguíneo local e a perda de sustentação deste tecido, veias incham e ficam inflamadas resultando em hemorroidas. A doença causa muita dor e desconforto, mas o proctologista Bruno Giusti, de Minas Gerais, garante que alguns hábitos simples em seu dia a dia podem melhorar esse quadro.

“A melhora da dieta (aumento da quantidade de fibras, diminuição da quantidade de carne e gorduras, principalmente de origem animal, e hidratação adequada (em torno de dois litros por dia) é o começo”, afirma o médico.

Evite o uso de papel higiênico comum para não piorar a hemorroida

Além da dieta e hidratação, a prática de exercícios físicos – pelo menos 40 minutos por dia – e o estímulo da regularização do intestino, ou seja, evacuar sempre que sentir vontade também ajudam nos sintomas. “Evitar o uso de papel higiênico após a evacuação é importante; o papel seco friccionado na região propicia o traumatismo, má higiene e crises hemorroidárias, deve-se então dar preferência à higiene com ducha ou lenços umedecidos”, explica o especialista.

Quais são os tratamentos para hemorroidas?

A hemorroida pode se manifestar de diferentes formas em cada paciente, alguns com dor, outros com sangramento, exteriorização ou uma associação destes sintomas. “Todo tratamento deve ser avaliado individualmente. Englobam tratamento que podem ser feitos no consultório (com mudanças de hábitos e medicamentos), a ligadura elástica, que envolve um procedimento de fixação da hemorroida com uso de anéis elásticos, e tratamentos cirúrgicos, realizados em ambiente hospitalar”, esclarece o proctologista.

No consultório, flebotônicos podem ser receitados pelos médicos especialistas, geralmente indicados para a redução da dor e alívio dos sintomas em casos de insuficiência venosa crônica.

Segundo Giusti, a maioria dos tratamentos cirúrgicos é realizada no regime hospital-dia, em que o paciente fica internado por menos de 24 horas. Os principais procedimentos realizados são: a cirurgia convencional, a desarterialização hemorroidária e o uso de grampeadores. Cada uma destas técnicas tem vantagens e desvantagens específicas e o coloproctologista é o profissional adequado para orientar o paciente sobre qual é a mais indicada para cada caso.

Saiba como evitar a prisão de ventre

A prisão de ventre piora as hemorroidas e prevenir o problema é a melhor solução. Confira alimentos que regularizam o intestino:

  • Ingerir 2 litros de líquidos por dia (cerca de 10 copos);
  • Alimentação a cada 3 ou 4 horas. Dieta rica em fibras (30g/dia);
  • Comer 2 frutas diariamente: mamão, laranja com bagaço (principalmente a parte branca);
  • Comer legumes, verduras cruas, alimentos integrais (por exemplo, arroz, pão) diariamente
  • Complemento de fibra:

> Farelo de trigo ou aveia ou farelo de aveia: 4 a 6 colheres de sopa por dia (outras opções: semente de linhaça, granola).

> Ou cereais de fibra: 2 xícaras de chá/dia.

> Ou fibra sintética: 1-2 envelopes/dia.

  • O aumento do consumo de fibras deve ser gradual e sempre acompanhado do aumento da ingestão de líquidos.
COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Bruno Giusti Werneck

Dr. Bruno Giusti Werneck

Proctologia

CRM: 36980 / MG

TAGS
circulacao
hemorroidas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Confira mudanças de hábitos no dia a dia que podem ajudar a reduzir as dores das hemorroidas"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.