O estresse pode contribuir para o desenvolvimento da hipertensão?

  • +A
  • -A

A hipertensão pode se desenvolver pela influência de diversos fatores, o que inclui o estresse. De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão, situações estressantes, como excesso de trabalho, angústia, preocupações e ansiedade, podem ser responsáveis pela elevação da pressão arterial.

Relação entre estresse e hipertensão


“O estresse pode, de fato, contribuir para que se estabeleça uma quadro de hipertensão. Em um período de estresse, o metabolismo do corpo humano altera-se em vários aspectos. Dentre eles, há aumento dos níveis de hormônios, como o cortisol secretado pelas glândulas supra-renais, e vasopressores, como a noradrenalina. Esses fatores contribuem para a elevação da pressão arterial sistêmica”, informa o cardiologista Gabriel Dotta.

No momento atual, em que o mundo todo ainda sofre com a pandemia do novo coronavírus, as pessoas tendem a ficar mais instáveis emocionalmente e psicologicamente, o que facilita a ocorrência de episódios de estresse, ansiedade e angústia. Isso pode tanto contribuir para que mais casos de hipertensão se desenvolvam, quanto para que quadros já estabelecidos da doença piorem.

Principais medidas de prevenção e tratamento


Evitar o estresse é, portanto,
medida fundamental para prevenção e controle dos sintomas hipertensivos, porém colocar isso em prática não é tão fácil quanto parece na teoria.Uma maneira de facilitar tal tarefa é buscar levar uma vida mais saudável, de modo geral, o que já engloba outras medidas importantes do tratamento em questão. Prática regular de atividade física e alimentação balanceada, rica em nutrientes e pobre em sal, gordura e fritura são ótimos exemplos.

Além disso, vale a pena adequar os horários para ter sempre um sono restaurador, não fumar, evitar ingestão de bebidas alcoólicas, se hidratar bastante todos os dias e realizar constantemente atividades prazerosas, de lazer, tanto sozinho quanto com pessoas queridas. O uso de medicamentos também é crucial para o sucesso do tratamento do paciente hipertenso. 

 

Dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão:

https://www.sbh.org.br/arquivos/perguntas-frequentes/quais-sao-as-causas/

 

Foto: Getty Images

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Gabriel Dotta

Dr. Gabriel Dotta

Cardiologia

CRM: 172476 / SP

TAGS
estresse
hipertensao
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O estresse pode contribuir para o desenvolvimento da hipertensão?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.