É verdade que o chocolate pode piorar a herpes? Uma nutricionista tira todas as suas dúvidas


  • +A
  • -A
Imagem do post É verdade que o chocolate pode piorar a herpes? Uma nutricionista tira todas as suas dúvidas

Muita gente nem sabe, mas ainda na fase da infância algumas pessoas têm o primeiro contato com o vírus do herpes. Entretanto, nem todos que desenvolvem as lesões na pele, que aparecem na região labial ou genital. Normalmente, as feridinhas aparecem mediante alguns fatores como baixa imunidade, exposição excessiva ao sol ou por meio de alguns alimentos, como o chocolate. Apesar de ser uma delícia, o doce pode acabar sendo prejudicial para quem sofre da doença.

Chocolate possui aminoácidos que estimulam o vírus

Segundo a nutricionista Priscilla Correia, existem alguns nutrientes que podem interferir no desencadeamento do vírus, estimulando ou não o aparecimento de novas feridas. “Um deles é a arginina, presente no chocolate, e que pode agravar esta condição. Por isso, é necessário que as pessoas que já têm o vírus evitem o alimento”, explica.

Mesmo que nem todas as pessoas infectadas pelo herpes desenvolvam as feridas, ainda assim é importante evitar o chocolate para impedir a propagação do vírus. “Pesquisas comprovam que o chocolate não afeta somente quando as lesões já surgiram, mas pode estimular, sim, o aparecimento delas”, completa a nutricionista. Outros alimentos ricos em arginina também devem ser evitados, como amendoim, nozes, gelatina, castanha de caju, milho, semente de tomate, semente de girassol, coco e aveia.

Em contrapartida, existem alimentos que combatem a doença

Se alguns alimentos devem ser evitados, por outro lado, existe uma lista de opções para combater o problema. A solução seria impedir a replicação do vírus, que fica alojado no organismo e só se manifesta em casos de queda da imunidade. Para isso, a lisina tem se mostrado efetiva na diminuição da replicação viral do herpes. “Aumente o consumo de alimentos como peixes, leite, carnes, queijos, soja e ovos, pois são ricos em lisina, um aminoácido essencial que deve ser ingerido através da alimentação”, afirma a nutricionista.

Cuidados redobrados no verão

Na época mais quente do ano é comum termos uma baixa na imunidade. Devido ao calor, algumas pessoas não se alimentam bem ou estão com infecções, trauma local ou forte estresse, e tudo isso contribui para o aparecimento do herpes. “A dica para evitar lesões é manter uma alimentação saudável. O inhame é um ótimo alimento e ajuda a aumentar a imunidade, por isso, é indicado o consumo dele”, sugere a profissional, que também ressalta a importância de beber bastante água, tentar não se expor ao sol por um longo período, mas, caso ocorra, fazer sempre uso do filtro solar. “Use principalmente nos lábios, uma área bem comum para surgimento do herpes”, conclui.

 

Priscilla Correia é nutricionista clínica, especializada em perda de peso por reeducação alimentar. CRN: 13100108

TAGS
alimentacao
herpes
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "É verdade que o chocolate pode piorar a herpes? Uma nutricionista tira todas as suas dúvidas"

Mari Araújo

Muito eficiente, ajudou bastante. Gostaria de saber, quanto tempo dura a herpes labial?

Cuidados Pela Vida

Oi Mari, a infectologista Dra. Naihma Salum Fontana explica a evolução da doença: “Na primeira fase, o pródromo, o paciente sente sensação de ardência e de dor. Depois, ocorre o agrupamento de vesículas que logo evoluem para pústulas.” Em seguida, formam-se úlceras e, por último, surgem as crostas, que configuram a fase de cicatrização das feridas e o fim da crise. Segundo pesquisas o herpes não tem cura; o vírus permanece no organismo reaparecendo com a queda da imunidade. Nas crises é importante consultar o médico dermatologista ou o infectologista para o tratamento adequado. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.