Diabetes e qualidade de vida: A doença é crônica, por isso, as mudanças e o tratamento devem seguir pela vida toda


  • +A
  • -A
Imagem do post Diabetes e qualidade de vida: A doença é crônica, por isso, as mudanças e o tratamento devem seguir pela vida toda

O diabetes é uma doença que provoca mudanças profundas no dia a dia de qualquer paciente. O tratamento tem como meta manter suas taxas de açúcar no sangue controladas. No entanto, mesmo depois de chegar a esse objetivo, é preciso continuar seguindo à risca as medidas indicadas por seu médico especialista ao longo de toda a vida.

 

Qualidade de vida depende da eficácia do tratamento do diabetes

 


“Sim, o tratamento do diabetes deve seguir por toda a vida. O diabetes é uma doença crônica e o paciente necessita de acompanhamento regular”, afirma a endocrinologista Gabriella Rivelli Ramos. Não é possível reverter o problema, mas levando o tratamento a sério,
você conseguirá viver bem e com saúde.

“O tratamento do diabetes é feito com mudanças no estilo de vida, que são uma alimentação adequada e atividade física regular, e com medicações”, explica a profissional. Na alimentação, é preciso controlar a quantidade de gorduras, proteínas e carboidratos, o que inclui, além de doces, alguns tipos de alimentos salgados e até mesmo adoçantes.

 

Insulina será sempre necessária para tratar diabetes?

 


Já as medicações irão variar de acordo com o tipo de diabetes que você tem. No tipo 1, como o
pâncreas para de produzir insulina, é necessário repor esse hormônio desde o diagnóstico. No diabetes tipo 2 o tratamento inicial é, em geral, feito por medicação oral. 

Isso não significa que seu tratamento não possa sofrer mudanças ao longo de sua vida. Com a evolução da doença, uma parcela dos pacientes com diabetes tipo 2 pode apresentar deficiência de insulina, que passa a fazer parte de seu tratamento. “Durante o acompanhamento, o médico pode ajustar as doses e o tipo de medicação utilizada”, completa Gabriella. 

 

Dra. Gabriella Rivelli Ramos é endocrinologista e atua como médica socorrista do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro. CRM-RJ: 85188-4

 

Foto: Shutterstock

TAGS
alimentacao
diabetes
glicose
insulina

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "Diabetes e qualidade de vida: A doença é crônica, por isso, as mudanças e o tratamento devem seguir pela vida toda"

Sandra Simões

Faço uso de insulina, controlo alimentação , faço natação e me sinto ótima.Contudo não consigo baixar o peso. Minha médica, geriatra, diz que se isso acontecer posso ate parar de usar insulina. A INSULINA tem contra indicações serias, além do incômodo da espetadinha diária?

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.