search
    Título

    No clima dos Jogos: espante o inverno com atividades internas!

    Cardiovascular

    Por

    As estações mais frias parecem distanciar as pessoas das suas rotinas de atividade física. O corpo sente mais dificuldade para despertar e daí surge aquela típica preguiça. No inverno, é normal o metabolismo ficar um pouco mais lento e o corpo mais contraído para se proteger do frio. Porém, de acordo com a a fisioterapeuta Kyvia Ricther, devemos ter plena consciência de que a prática de atividades físicas deve ser um hábito natural e saudável como outros em nosso dia a dia. “O que podemos fazer é adaptar o exercício para o novo clima, e quem sabe até escolher uma nova atividade para dar uma estimulada”, recomenda. O que fazer para aquecer seu inverno?

    Veja os benefícios da atividade

    Antes de você pensar no frio, na vontade de ficar na cama, no esforço que terá que fazer, veja o lado bom dessa prática. “Atividades em ambientes climatizados e atividades em grupo são sempre um sucesso nessa época do ano. O ambiente fechado e o calor humano ajudam a espantar o frio e motivam o indivíduo. Deve-se escolher uma atividade que se tenha prazer”, recomenda Kyvia.

    O que fazer?

    A atividade ideal é uma escolha muito particular, mas a dica que vale para todos é fazer um acompanhamento profissional. “Procure um médico para uma avaliação física e cardiológica, para que se possa começar uma atividade em plena segurança. Depois procure um profissional da área de Educação Física para orientações quanto à prática da atividade, e caso haja qualquer problema físico”, orienta.

    As opções para esquentar seu inverno

    Kyvia diz que é bom se permitir variar um pouco a atividade. A hidroginástica ou natação em piscina climatizada, além de ser uma excelente atividade física, devido à água morna, tem benefícios terapêuticos, proporcionando uma sensação agradável e muito confortável. “Para aqueles que não gostam de piscina, temos aulas de pilates, yoga, ginásticas em geral, lutas, danças,  exercícios aeróbicos , jogos, etc”, completa.

    O importante é sempre ter prazer no que se está fazendo para não desmotivar. Para aquelas pessoas que não curtem atividades em grupo ou academias, é possível se exercitar dentro de casa com auxílio de um profissional e equipamentos variados, como bolas suíças , bastões, exercícios de isometria e uma boa música. Aqueles que não curtem atividade nenhuma, a profissional ainda deixa uma opção. “Pelo menos faça um bom alongamento diário e uma caminhada de leve a moderada”, conclui.

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes