search
    Título

    Melasma: saiba quais são as causas e o tratamento do problema

    Uncategorized

    Por

    A principal causa do desenvolvimento do melasma é a exposição solar inadequada, ou seja, sem proteção. Por isso, a forma mais eficiente e simples de evitar o problema é aplicar diariamente o filtro solar, especialmente nos horários em que a incidência dos raios ultravioleta é mais intensa e o seu contato com o sol é maior.

    Cuidados para se proteger do sol e evitar o melasma


    “Um dos principais fatores que levam à piora do melasma é a inflamação que o sol causa na nossa pele e, por isso, é fundamental se
    proteger diariamente dos raios solares. Deve-se dar preferência aos filtros com FPS acima de 30 (que protege contra os raios ultravioletas B) e com PPD acima de 12 (que protege contra os raios ultravioleta A)”, informa a dermatologista Gabriella Albuquerque.
    A especialista também orienta que seja dada preferência ao uso de filtros com cor, pois estes protegem contra a luz visível. “Para ser mais caprichoso ainda, vale escolher filtros com vitamina E ou outras substâncias antioxidantes, visto que elas podem auxiliar a amenizar os danos causados pelo infravermelho”, recomenda.

    Causas e tratamento do melasma


    O melasma tem origem genética, mas a sua manifestação é reforçada por fatores externos, como os raios solares. “O sol é um dos principais fatores que causam o escurecimento da pele, mas até mesmo calor e luz visível podem acelerar este processo”, afirma Gabriella. Nas mulheres, alterações hormonais da gravidez e uso de anticoncepcional são outros fatores que atuam nesse processo.

    Não existe cura para o melasma, mas o problema pode ser controlado e amenizado com o uso de filtros solares de amplo espectro de proteção e dermocosméticos para manchas no rosto (o ácido gálico é dos ativos bem-vindos). “O clareamento pode ser atingido com diversos produtos à base de retinol, hidroquinona, ácido kójico e outros. Mas para que o tratamento realmente tenha sucesso, é necessário procurar um dermatologista”, conclui a especialista.
    Dra. Gabriella Albuquerque é dermatologista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 71503-4
    Foto: Shutterstock

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes