search
    Título

    Como funcionam as meias elásticas que ajudam no tratamento de varizes?

    Uncategorized

    Por

    As meias elásticas podem ser muito úteis para evitar as varizes e o inchaço nas pernas. A utilização delas, que deve ser recomendada por um médico especialista, também colabora no tratamento para quem já sofre com a doença. Saiba abaixo a importância das meias e como atuam!

    Funcionamento das meias

    O uso das meias elásticas, ou de compressão, como também são conhecidas, tem um papel importante para a melhora do fluxo do sangue nas pernas. Elas comprimem a região da panturrilha para fazer com que o sangue retorne para o coração, evitando inchaços e a formação de coágulos sanguíneos. “As meias elásticas comprimem a musculatura da panturrilha, que produzem uma ação mecânica sobre os músculos que atuam sobre os o sistema venoso, “empurrando” o sangue para cima. Com retorno do sangue sendo contínuo, a presença da estase (parada) do fluxo de sangue nas pernas será reduzida e a indecência de varizes se tornará menos frequente”, explica o angiologista Carlos Peixoto.

    Tipos de meias elásticas

    Há três tipos de meias que podem ser adquiridas em farmácias, lojas de departamento ou em casas especializadas. “As meias podem ter alta, média ou de suave compressão. As extensões são: 3/4 (até os joelhos), 7/7 (até as coxas) e a meia calça (até o quadril). Seus tamanhos são variados e as medidas, de forma geral, devem ser mensuradas pelo médico (angiologista ou um cirurgião vascular)”, conta Peixoto.

    É valido ressaltar a importância de consultar um médico antes de utilizar as meias. As indicações são diversas, para uso diário, em viagens, gestação, após cirurgias, etc. O uso de meias sem a devida orientação pode ser um “placebo” (sem eficácia), ou pior, prejudicar o estado circulatório do paciente.

    Colocando as meias da forma correta

    De forma geral, não há diferença de meias para homens e mulheres. As distinções ficam por conta de recomendações pontuais, como em viagens, período de gravidez e para prática de esportes, por exemplo. Uma vez indicado um tipo de meia, é importante utilizá-la da maneira correta para ter resultados positivos: “A melhor opção, para o uso adequado, é colocá-la no início do dia e retirá-la ao fim. Desta forma, a chance de sintomas relacionados às varizes e à insuficiência venosa tendem a ser menores”, ressalta o angiologista.

    Dr. Carlos Peixoto é angiologista e presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ). CRM 52509860-RJ

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes