search
    Título

    Alerta para os homens: hipertensão não tratada pode levar à impotência?

    Uncategorized

    Por

    A hipertensão arterial é uma das maiores preocupações na área da saúde na atualidade. Dados do Ministério da Saúde revelaram que mais de 30 milhões de brasileiros têm pressão alta. A doença pode ser consequência da obesidade, estresse, sedentarismo, maus hábitos alimentares e é capaz de provocar o surgimento de vários problemas.

    Pressão alta prejudica a ereção

    Para os homens, chama atenção a relação entre a pressão alta e a disfunção erétil, popularmente conhecida como impotência sexual. “A hipertensão arterial pode promover uma lesão na camada íntima das artérias (endotélio) que levam sangue para o pênis e, portanto, promovem a ereção”, afirma o urologista Conrado Alvarenga.

    Caso a hipertensão não esteja controlada, a lesão pode evoluir rapidamente. As artérias ficarão cada vez mais rígidas e estreitas, dificultando a circulação sanguínea no pênis e impedindo a ereção de acontecer.

    Outro problema causado pela pressão alta é a agressão ao endotélio. “O endotélio produz uma substância conhecida como óxido nítrico, fundamental para a ereção. Se ele for agredido pela hipertensão, haverá menor produção de óxido nítrico e menor qualidade de ereção”, alerta o médico..

    Como combater o problema

    A melhor forma de se prevenir contra o problema é combater a pressão alta. Mas, de acordo com Alvarenga, é preciso muita cautela no tratamento da hipertensão, uma vez que alguns medicamentos, dentre eles certos diuréticos, dificultam a ereção. “Temos que controlar a pressão arterial, mas tomando cuidado com alguns remédios usados, porque eles podem piorar ainda mais o quadro”, alerta.

    Existem ainda outras medidas que podem ser aplicadas em pacientes com hipertensão, a fim de evitar o desenvolvimento da disfunção erétil. Entre elas, estão a perda de peso, não fumar, praticar atividades físicas e controlar as taxas de glicemia.

    Dr. Conrado Alvarenga é urologista formado pela USP e atua no Hospital das Clínicas em São Paulo. CRM-SP: 116006

    Newsletter
    Compartilhamento

    Posts relacionados

    Converse com um dos nossos atendentes