O repouso das pernas pode ajudar em um quadro de varizes?


  • +A
  • -A

Um quadro de varizes normalmente traz sensações incômodas, como dor, desconforto, queimação, ardência e cansaço nos membros inferiores. Em função disso, recomenda-se repousar as pernas, mantendo-as elevadas. Contudo, tal prática apenas ajuda a amenizar os sintomas e não a tratar efetivamente a doença.  

“Dormir com os membros elevados e permanecer no trabalho da mesma maneira podem retirar a força da gravidade sobre a coluna de sangue nas veias e, com isso, reduzir, somente, os sintomas de insuficiência venosa e formação de varizes”, explica o angiologista Jayme Ramos.

Importância da prática de exercícios físicos


Em contrapartida, o médico afirma que o sedentarismo não é indicado para quem tem sintomas da doença. Segundo ele, o repouso e a elevação das pernas são imperativos apenas nos momentos em que o indivíduo precisa ficar parado (hora de dormir e trabalho). Fora isso, é importante se movimentar para não piorar o quadro.

“Reforçar a musculatura da panturrilha é fundamental para prevenção de sintomas e formação de varizes como um todo. Praticar exercícios físicos, em geral, é fundamental, assim como evitar ganho de peso e tratamentos hormonais (aí está incluso o uso de pílulas anticoncepcionais)”.

Prevenção e tratamento para varizes


A prevenção contra as varizes exige que se busque ter uma vida saudável, com alimentação balanceada e prática de exercícios físicos. “Além disso, deve-se usar a meia de compressão regularmente e visitar um médico cirurgião vascular ou angiologista assim que se detectar uma veia diferente no corpo. Quanto mais cedo forem identificados os sinais, melhor, pois assim o tratamento fica sempre mais fácil”.

Dr. Jayme Ramos é angiologista e cirurgião vascular e atende em seu consultório no Rio de Janeiro. CRM: 52663859

Foto: Shutterstock

TAGS
circulacao
sangue
varizes

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O repouso das pernas pode ajudar em um quadro de varizes?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.