O TOC pode ser um sintoma da esquizofrenia?


  • +A
  • -A

As obsessões e a compulsões características do TOC podem ser, por vezes, incomuns, ao ponto de remeter a sintomas típicos da esquizofrenia, o que aproximaria os dois transtornos psicológicos. Contudo, um paciente com TOC tem a consciência de que sua obsessão não faz sentido (apenas não consegue controlá-la), diferentemente de um esquizofrênico. Portanto, não há uma ligação direta entre os quadros.

Diferenças e semelhanças entre TOC e esquizofrenia


“TOC e esquizofrenia são dois transtornos psiquiátricos diferentes, sendo que um não pode ser considerado sintoma do outro. O que podemos verificar é que no curso da esquizofrenia há a presença de sinais e sintomas que surgem antes do início da doença (pródromo). Em alguns casos de adolescentes, o início súbito de comportamento obsessivo-compulsivo foi considerado como sendo esse pródromo”, comenta a psiquiatra Ana Cláudia Ducati.

Segundo a médica, o paciente com TOC pode não ter uma percepção plena de sua doença, o que geraria uma certa semelhança com a esquizofrenia. “Mas mesmo assim o TOC é distinto de um transtorno delirante ou psicótico, pois os indivíduos com TOC têm obsessões e compulsões, e não outras características da esquizofrenia, como por exemplo, alucinações e delírios”.

Tratamento de TOC e esquizofrenia e comorbidade

Para ambos os transtornos é indicado o uso de medicações psicotrópicas, assim como terapias psicossociais. “Para o TOC, a principal escolha são os antidepressivos. Em alguns casos, a associação com antipsicóticos mostrou-se eficaz para a redução de sintomas. Para a esquizofrenia, a principal escolha de psicofármacos são os antipsicóticos”, diferencia Ana Claudia.

O TOC raramente ocorre sozinho, o que significa que muitas vezes coexiste com outro transtorno psicológico. “Contudo, ainda não é possível afirmar se o fenômeno da comorbidade ocorre pela coexistência de entidades diagnósticas distintas ou se é resultado da sobreposição de sintomas e síndromes. Segundo uma revisão científica, é estimado que cerca de 12% dos pacientes com esquizofrenia apresentam diagnóstico em comorbidade com o TOC”.

Dra. Ana Claudia Ducati Dabronzo é psiquiatra geral e da infância e adolescência, formada pela Universidade de São Paulo (USP). CRM: 150.562

Foto: Shutterstock

TAGS
esquizofrenia
psicologico
toc

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "O TOC pode ser um sintoma da esquizofrenia?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.