Você pode transmitir micose para outras pessoas? Quais cuidados você deve tomar, uma vez que foi diagnosticado com a doença?


  • +A
  • -A

As micoses são infecções causadas por fungos que podem atingir pele, mucosa, unha e cabelos. Portanto, existem diversos tipos de micoses, cada um com suas especificidades, ou seja, alguns podem ser contagiosos entre pessoas, outros não. Independente do tipo da micose, é importante que você adote os cuidados gerais recomendados para tratar o quadro.

 

Tipos de micose transmissíveis e não transmissíveis

 


A candidíase, por exemplo, não é transmissível. Ela está associada a fungos que colonizam naturalmente a pele e se proliferam em situações especiais.
Aparecem, principalmente, na sua pele, mucosa e unhas, caso você mantenha essas áreas úmidas ou manipule água com frequência. “A pitiríase versicolor, popularmente conhecida como ‘pano branco’, é outra infecção fúngica que também não é transmissível”, aponta a dermatologista Daniela Aidar.

Já as dermatofitoses, que afetam pele, unhas e cabelos, são transmissíveis. Dependendo do tipo de fungo, podem ser passadas de pessoa para pessoa, de animais para pessoas ou até mesmo do solo para pessoas. “Esses fungos, os dermatófitos, não são considerados endógenos, ou seja, não estão presentes no nosso corpo naturalmente, como o fungo da candidíase e o fungo da pitiríase versicolor. Os locais mais comuns de acometimento das dermatofitoses são pés (entre os dedos ou planta dos pés), virilha e unhas”, explica Daniela.            

 

Cuidados para quem recentemente foi diagnosticado com micose

 


Uma vez que você foi diagnosticado com algum tipo de micose, a dermatologista recomenda uma série de cuidados como: evitar andar descalço em locais públicos (como piscinas e saunas); e evitar compartilhar roupas, calçados, toalhas, bonés, itens de manicures sem esterilização e pentes. “Todos esses fatores evitam a
transmissão da doença para outras pessoas”, completa.

Evitar manter o local da micose úmido também ajuda no tratamento. “Após a academia, procure trocar a roupa com suor imediatamente; em dias de praia ou piscina, evite ficar muito tempo com os trajes de banho molhados; não ande descalço em pisos úmidos, em geral; evite roupas justas, especialmente em dias quentes, por conta do suor”, recomenda a dermatologista.

 

Dra. Daniela Aidar é dermatologista formada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). CRM-SP: 156459

Foto: Pixabay

TAGS
micose
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Você pode transmitir micose para outras pessoas? Quais cuidados você deve tomar, uma vez que foi diagnosticado com a doença?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.