Por que é importante utilizar corticóides com acompanhamento médico?


  • +A
  • -A

Apesar de ajudarem bastante a amenizar os sintomas de inflamações e reações alérgicas, além de doenças como a dermatite, os corticóides podem gerar efeitos colaterais que podem ser perigosos. Por isso, é importante que eles sejam tomados apenas com prescrição e acompanhamento de um profissional especializado.

“Os corticóides são os melhores anti-inflamatórios que existem. Eles auxiliam no rápido alívio de sintomas como dor, coceira, vermelhidão e inchaço. Nos casos mais agudos de doença, esta ação anti-inflamatória pode ser benéfica e auxilia o organismo na melhoria do quadro”, explica a dermatologista Gabriella Albuquerque.

 

Efeito “rebote”: Uso prolongado pode trazer sintomas de volta

 


No entanto, o uso prolongado do medicamento pode causar o efeito “rebote”, ou seja, o rápido retorno dos sintomas que levaram o paciente a procurar a consulta médica. O perigo de seu uso parte deste ponto e, por isso, é fundamental que o remédio seja consumido apenas quando devidamente receitado. “Além disso, a longo prazo, eles podem provocar efeitos sistêmicos, como diabetes, hipertensão, estrias etc”, alerta a dermatologista.

Segundo Gabriella, o ideal seria utilizar o corticóide somente em situações específicas e realmente necessárias. “Numa fase mais aguda de doença, ou seja, logo no início dos sintomas, por exemplo, ou quando o paciente estiver sentindo um desconforto muito grande com estes sintomas, o corticóide pode ser uma opção. Naturalmente, acredito que ele deve ser receitado apenas por médicos”, completa.

 

Corticóides trazem riscos para pacientes com outras doenças

 


Vale destacar que os corticóides são contraindicados para pacientes com algumas doenças e condições, como hipertensão, insuficiência cardíaca e renal, osteoporose, epilepsia, úlcera gastroduodenal, tuberculose, além de infecções virais. Eles ainda podem contribuir para piorar doenças como diabetes, glaucoma, obesidade e psicose. Cansaço, agitação, insônia e dor de cabeça são alguns dos efeitos colaterais mais comuns de seu uso prolongado.

 

Dra. Gabriella Albuquerque é dermatologista formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 71503-4 – http://gabriellaalbuquerque.com.br/

Foto: Shutterstock

TAGS
dermatite
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que é importante utilizar corticóides com acompanhamento médico?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.