Coçar as feridas da dermatite pode piorar o quadro da doença?


  • +A
  • -A

A dermatite atópica é um problema crônico que provoca a inflamação da pele. Assim como outros tipos de dermatite, a doença tem a coceira como um dos seus principais sintomas, surgindo junto à descamação, vermelhidão e bolhas, que afetam diversas áreas do corpo e atingem pessoas de todas as idades. 

 

Coceira na pele causada pela dermatite pode gerar um ciclo vicioso

 


No entanto, é preciso resistir à vontade de coçar a pele para evitar uma piora no quadro da doença. “A coçadura promove um estímulo sobre as terminações nervosas da pele, além de provocar seu espessamento, gerando um ciclo vicioso de ‘mais vontade de coçar'”, explica a dermatologista Bianca Venturini. A profissional diz ainda que o rompimento da barreira cutânea favorece quadros de infecção secundária causados por bactérias presentes na superfície da pele, gerando complicações infecciosas.

De acordo com a médica, a coceira surge por causa de alterações genéticas. “O paciente nasce com uma deficiência na barreira cutânea de hidratação e, com isso, as terminações nervosas são facilmente irritáveis pelos fatores externos, desencadeando todo o processo de coçadura”, afirma a especialista. Poeira, calor, sabonetes e até tecidos de roupas podem irritar a pele.

Como aliviar a coceira das feridas de dermatite?

 


É possível diminuir a vontade de coçar a pele e aliviar o desconforto causado pela dermatite atópica. Como primeira medida, Bianca recomenda evitar banhos quentes e demorados e não usar buchas durante o banho. “Usar higienizadores menos agressivos à barreira da pele, em geral, líquidos e sem detergentes. Tais tipos de higienizadores são também conhecidos como ‘syndet'”, aconselha a dermatologista.

Manter a pele sempre hidratada é outra medida fundamental. Para isso, a especialista indica não simples hidratantes, mas restauradores de barreira cutânea. São loções, cremes ou bálsamos que contêm ativos capazes de promover a hidratação fisiológica, devolvendo lipídios essenciais à pele. Também é importante não utilizar utensílios para coçar as feridas e procurar auxílio médico, principalmente no caso de coceira intensa com feridas.

 

Dra. Bianca Venturini é dermatologista, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e pós-graduada pela UNIRIO. CRM-RJ: 52778249

 

Foto: Shutterstock

TAGS
dermatite
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Coçar as feridas da dermatite pode piorar o quadro da doença?"

Cassio Stersi dos Santos

O maior erro é coçar uma pele com dermatite,pois a mesma ja irritada devido a doença pode se infeccionar ao se coçar,o melhor é tomar um banho frio,e passar cremes hidratantes com alloe vera,sem perfumes e produtos alergenicos,procurando assim hidratar ao maximo a pele,tomar banho de mar,ou banho de sol,rápido,não é prejudicial desde que lave em seguda com água corrente e seque com uma tolha sem esfregar..

Cuidados Pela Vida

Olá Cassio. Ótimas dicas! Abraços

Glaris menegaz

Sou asmática e atopica moro no sul no inverno é o pior período. Mais difícil é hidratação nas costas.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.