De olho na balança: como a obesidade afeta a pressão arterial?


  • +A
  • -A

A pressão arterial é a força exercida pelo sangue nas artérias de todo o corpo. Em alguns pacientes, os números dessa pressão alcançam níveis considerados perigosos para a saúde. É chamada hipertensão, uma doença causada por inúmeros fatores. Entres eles estão a predisposição genética, o sedentarismo, o consumo excessivo de sal e a obesidade.

Uma das causas da hipertensão


Um indivíduo obeso apresenta diversas modificações no organismo que influenciam na pressão arterial. “Desde o sobrepeso ao obeso mórbido, a obesidade propicia a hipertensão arterial por diversos mecanismos, como sobrecarga dos fígados, sobrecarga dos rins, ingestão de alimentos com alto teor de sódio e gorduras”, afirma o cardiologista Benjamin Farbiarz Segal.

Além disso, a gordura que se acumula na barriga de pacientes obesos é bastante prejudicial à saúde. Elas estão ligadas à atuação de células responsáveis pelo enrijecimento dos vasos sanguíneos. Como consequência, a capacidade de transportar o sangue diminui e a pressão arterial aumenta.

Para reduzir os riscos


Nem todos os obesos são hipertensos, mas todo obeso tem maiores riscos de desenvolver a hipertensão, o que comprova a necessidade de cuidados com a saúde. A obesidade requer uma série de mudanças no dia a dia, começando pela diminuição do peso. “A redução do peso já diminui em até 20mmHg a pressão arterial, podendo, muitas vezes, normalizá-la. Isso ocorre depois de cirurgias bariátricas, em que há perda rápida do peso”, explica o médico.

Dr. Benjamin recomenda que o paciente obeso receba o auxílio de uma equipe multidisciplinar formada por profissionais de diversas especialidades. Isso possibilita tratar diretamente as causas da obesidade e suas comorbidades, como diabetes, hipotireoidismo e doenças ortopédicas. Mudanças na alimentação e prática de atividades físicas são indispensáveis para o tratamento.

Dr. Benjamin Farbiarz Segal é cardiologista formado pelo Instituto Israelita Albert Einstein e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 52.80252-2 – http://benjaminsegal.com.br/

TAGS
cardiovascular
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "De olho na balança: como a obesidade afeta a pressão arterial?"

Carmen Barcala

Gostei muito da matéria Vc está de parabéns

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.