Dormir com a TV ligada ou alguma luz acesa pode agravar um quadro de insônia?


  • +A
  • -A

Depois de um longo e cansativo dia de trabalho ou de estudos, é difícil resistir à tentação de deitar na cama e dormir cedo. Uma boa noite de sono é fundamental para repor as energias, relaxar a mente e preparar o corpo para o próximo dia. Certas pessoas, por outro lado, têm dificuldade para conseguir dormir e isso atrapalha a saúde.

Algumas delas preferem dormir com a televisão ligada ou com a luz acesa e acreditam que, assim, caem no sono com mais facilidade. Entretanto, isso pode ser prejudicial para o corpo, como afirma a psiquiatra e especialista em medicina do sono Camilla Pinna: “A redução da luminosidade ajuda o organismo a ‘entender’ que é noite e se preparar para o sono. A luz artificial atrapalha esse ritmo natural e pode interferir de modo significativo na qualidade do sono.”

Mais luz, menos qualidade do sono

Isto pode ser ainda pior para pessoas que já têm insônia e pode levar a uma piora do caso. A luminosidade e os barulhos gerados por aparelhos eletrônicos e lâmpadas, além de estimularem o cérebro, deixam o ambiente mais claro e tornam-no desfavorável para uma noite de sono mais calma e confortável. Eles ainda irão consumir energia e encarecer a conta de luz desnecessariamente.

“Para um melhor descanso noturno, o ideal é que aparelhos eletrônicos, como televisão e computador, sejam mantidos fora do quarto e se diminua o uso de telefones celulares no período da noite”, afirma Camilla. Procure deixar o ambiente mais escuro e desligar tudo que emita luz e som alguns minutos antes de se deitar. Se a luz da rua te incomodar, utilize uma máscara de dormir para bloqueá-la.

Camilla Moreira de Sousa Pinna é psiquiatra formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e atua no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 52-82109-8

TAGS
insonia
psicologico
sono

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Dormir com a TV ligada ou alguma luz acesa pode agravar um quadro de insônia?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.